Quem é quem nessas primeiras imagens do filme da Capitã Marvel | JUDAO.com.br

Com essas fotos já dá até pra entender um pouco mais da história do VINDOURO filme. Só, por favor, não comecem com suas teorias. STOP TEORIAS DE FÃ! ;D

Finalmente temos as primeiras imagens oficiais do filme da Capitã Marvel, no qual Brie Larson interpreta a super-heroína que tudo leva a crer que vai ser a principal arma secreta da Terra contra um Titã Louco que gosta de estalar os dedos.

Antes de dar as caras em Vingadores 4 e possivelmente salvar o mundo como a super-heroína mais poderosa de todo o Universo Marvel conhecido, protagoniza uma história que se passa nos anos 90, muito antes até do primeiro filme do Homem de Ferro em termos cronológicos. Ou seja, depois do Capitão América lá em 1900 e guaraná com rolha, ela foi a primeira heroína da era moderna do Marvel Cinematic Universe.

O legal é que estas imagens já ajudam, antes mesmo de vermos um primeiro trailer, a contar um pouco da história que vamos poder ver nas telonas no dia 7 de Março de 2019.

Acompanha a gente aqui pra te contarmos um pouquinho de QUEM É QUEM nesta história toda? ;)

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Capitã Marvel

Tá, isso pode parecer óbvio, maaaaas pra quem deixou esta referência passar (pois é, o mundo não é formado SÓ por leitores de gibis, vejam vocês), o símbolo que apareceu no pager do Nick Fury naquela cena pós-créditos de Vingadores: Guerra Infinita é mesmo este que tá no uniforme da Capitã Marvel.

Aliás, a respeito do uniforme, pronto, as reclamações dos fãs (?) velhacos quando pintaram as primeiras fotos de bastidores do filme, nas quais Carol Danvers usa uma versão verde da roupa, foram pro ralo. Sim, ESTAMOS DISCUTINDO ISSO, mas ela vai usar o uniforme atual dos gibis, podem ficar tranquilos (??). Mas pelas imagens, dá pra ver que ela também vai aparecer usando a OUTRA roupa, que claramente se referia à roupa clássica de um certo Mar-Vell e do exército dos krees... Mas já vamos falar sobre eles.

Mar-Vell

Eis que temos as primeiríssimas imagens de Jude Law como Mar-Vell, o valoroso guerreiro kree que durante anos foi conhecido, nas revistas em quadrinhos originais, como o Capitão Marvel, super-herói surgido no final dos anos 60. Nas páginas da Casa das Ideias, ele é enviado como um espião para a Terra pelo Império Kree, que tem intenção de ampliar seus domínios pelo cosmos... mas o militar acaba se apaixonando pela humanidade e é considerado um traidor pelos seus. Aí, muda de uniforme e adota nosso planetinha azul como sua morada, tornando-se INCLUSIVE o primeiro grande inimigo de um sujeitinho roxo de nome Thanos (tá acompanhando?).

Em seu disfarce como militar terrestre, ele conhece uma certa Carol Danvers — e é quando a jovem se envolve na explosão de um artefato kree que seu DNA se “mescla” ao do próprio Capitão Marvel, dando-lhe habilidades especiais (superforça, resistência, voo) e tornando-a um híbrido de humano e kree, que primeiro vira a heroína Miss Marvel e, depois da morte de Mar-Vell, assume seu papel como Capitã Marvel.

No filme, Mar-Vell será o líder do Starforce (mais detalhes abaixo) e mentor de Carol Danvers. “Estes poderes extraordinários que ela tem, ele enxerga como algo entre uma benção e algo que precisa aprender a controlar”, diz o ator, em entrevista pra EW. “Isso é algo que vai permear todo o filme, este elemento de aprender a controlar as emoções e usar seus poderes com sabedoria”.

Uma coisa que talvez não tenha ficado clara aqui é que, até o momento, no MCU, todos os krees são retratados como tendo pele azul — basta ver o Ronan em Guardiões da Galáxia e todos os krees que apareceram na mais recente temporada de Agents of SHIELD. Nas HQs, apenas parte da população dos krees tem a pele azul. No caso, estamos falando daqueles que são considerados “raça pura”, tipo o Ronan. Se isso vai se manter nos cinemas, a gente não sabe. Mas que faria MUITO sentido nos dias de hoje, ah, isso sim faria.

Starforce (e a volta do Korath)

Olhaí todo mundo usando este mesmo uniforme militar kree, VEJAM VOCÊS! :)

Nesse caso, já dá pra saber que em algum momento Carol abandona a Terra e vai para Hala, a sede do império kree, se juntando ao time de elite militar Starforce. A equipe surgiu nos gibis lá no começo da década de 90 e era, essencialmente, um grupo de vilões, formado pela chamada Inteligência Suprema Kree durante a guerra contra o Império Shi’ar (aquele dos gibis dos X-Men, que possivelmente deve aparecer no próximo filme dos mutantes, da Fênix Negra).

Já sabemos, pelas imagens, que a equipe terá dois integrantes originais das HQs — a primeira delas é Minn-Erva (Gemma Chan), geneticista de poucos escrúpulos que se torna uma das principais antagonistas do Capitão e da Capitã Marvel sob o codinome Doutora Minerva. O outro é ninguém menos do que Korath, líder de um projeto para desenvolver soldados ciberneticamente alterados que o Djimon Hounsou já tinha interpretado no primeiro filme dos Guardiões da Galáxia. Ou seja: antes de trabalhar para o Ronan em busca da Joia do Infinito para Thanos, ele era um honrado soldado da guarda kree, ainda que nunca tenha sido realmente mencionado que ele também é um kree, o que talvez ajude a explicar a questão de ele também não ter pele azul, da mesma forma que o Mar-Vell.

Vale lembrar ainda que, nos quadrinhos, o Starforce chegou também a ser liderado por outro rosto familiar, que também vai voltar a aparecer no MCU...

Ronan, o Acusador

Pois é, o grande vilão do primeiro filme dos Guardiões da Galáxia vai aparecer aqui em toda a sua glória e martelo, e vamos conhecer um pouco da origem do sujeito também. Pois se ele era, na aventura inaugural do time do Senhor das Estrelas, um dissidente e extremista dos krees tentando levar a cabo sua vingança contra o povo de Xandar, a sede da Tropa Nova, aqui ele é um sujeito de altíssimo nível dentro da sociedade kree.

Nos gibis, Ronan é o integrante máximo da Tropa dos Acusadores, o equivalente kree a uma mistura de juiz e líder militar. Logo, ele se torna braço direito da Inteligência Suprema Kree, também conhecida como Supremor, uma inteligência artificial criada pelos krees ancestrais ao misturar as mentes de alguns dos integrantes mais geniais da raça, entre pensadores, generais, filósofos, etc. O objetivo? Tentar desenvolver um cubo cósmico como aquele que seus principais inimigos tinham criado um dia.

E quem é esta raça sempre em pé de guerra com os krees?

Os Skrulls

Pronto, ENFIM fazem sua estreia no MCU aqueles que são considerados os antagonistas de fora do planeta mais clássicos dos gibis da Marvel. Como sua aparição nas HQs está INTRINSECAMENTE ligada ao Quarteto Fantástico, durante muito tempo se supôs que a Disney não pudesse fazer uso dos sujeitos justamente porque eles fariam parte do contrato com a Fox — por isso até a opção pelos chitauri no primeiro filme dos Vingadores e tal. Porém, há cerca de dois anos, James Gunn esclareceu publicamente que estávamos falando de uma espécie de “guarda compartilhada” e que apenas ALGUNS skrulls (como muito provavelmente o Super-Skrull, que tem habilidades que replicam os poderes dos integrantes do Quarteto) eram exclusivos da toca da raposa.

Bão, e aí estão eles, vilões do filme da Capitã Marvel, uma raça que tem o poder de mudar de forma e é conhecida pela brutal sede de poder e de expansão galáctica pro seu império. O líder dos sujeitos no filme, a ser interpretado por Ben Mendelsohn, é Talos, que vai se disfarçar trabalhando pra SHIELD. Nos gibis, Talos originalmente é considerado um pária justamente por ter nascido sem a habilidade transmorfa. Não ajudou muito na sua reputação o fato de não ter cometido o suicídio ritual que se esperava dele depois de sua captura pelos krees durante a clássica Guerra Kree-Skrull, um dos arcos mais importantes da história dos Vingadores.

Nick Fury

Tá bom, este nem precisava MUITO de apresentação, vamos ser honestos. Mas a NONA aparição de Samuel L. Jackson como o personagem se dá no passado, com ele rejuvenescido digitalmente e ainda sem o seu tradicional tapa-olho. Tamos falando de um Fury que não tinha conhecido nenhum super-herói, não fazia ideia do que era a Iniciativa Vingadores e tampouco era líder da SHIELD – aqui, ele será praticamente um daqueles carinhas que ficam ao fundo, sentados naquelas mesas de controle do aeroporta-aviões enquanto o Fury fala com o Stark (talvez até estivesse jogando Galaga).

Antes que algum fã das antigas dê aquele clássico ATAQUE DE PELANCA, é bom lembrar que o Fury do MCU é inspirado não na versão clássica do general grisalho, com uma longa carreira militar, mas sim na versão Ultimate do personagem, que já tinha inclusive a cara do próprio Sam Jackson. Esta versão, com uma passagem pelo exército durante a Segunda Guerra Mundial, esteve envolvida com ações secretas com super-humanos, em especial naquela que deu origem aos mutantes (que, no Universo Ultimate, não surgem como um aspecto da evolução natural, mas sim como resultados de um programa de experiências genéticas).

Maria Rambeau

A colega de Carol Danvers na Força Aérea americana, Maria Rambeau, é vivida por Lashana Lynch e, além de ser mãe solteira de uma jovem menina, ainda atende por um apelido de campo bastante curioso: Fóton. Pois é, nos gibis, Maria é mãe de Monica Rambeau, justamente uma super-heroína que foi bombardeada por energias extra-dimensionais e ganhou o poder de converter seu corpo em energia.

Monica foi a primeira a usar o codinome Capitã Marvel, antes mesmo de Carol Danvers. A jovem só foi assumir o nome de Fóton (A-HÁ) quando apareceu Genis-Vell, o filho de Mar-Vell, que foi durante pouco tempo o novo Capitão Marvel. Foi só nos últimos anos que o nome passou a ser oficialmente usado por Carol, que além de Miss Marvel também já foi a Binária. Ahhhhhhhhh, os gibis da Marvel! ;)

Anna Boden & Ryan Fleck

Dirigindo Ben Mendelsohn, essa é uma das primeiras imagens da dupla de diretores do filme — o que marca, aliás, também o fato de termos uma mulher dirigindo um filme da Marvel. É só prá constar mesmo. <3

Nine Inch Nails

Não, não estamos aqui querendo dizer que o Trent Reznor vai aparecer no filme da Capitã Marvel. Ou mesmo que as músicas de sua banda vão tocar e tal. Mas porra, o filme se passa nos anos 90. E a Carol tá usando uma camiseta do Nine Inch Nails, banda cuja canção We’re In This Together Now toca no primeiro trailer do primeiro filme dos Vingadores.

Só isso já é legal demais e mostra que ela tem um excelente bom gosto musical. Sempre é um bom dia pra ouvir NIN, então faça o favor e dê o play.