Como alguém como Donald Trump (ou até mesmo você!) pode ter uma estrela na Calçada da Fama? | JUDAO.com.br

Estrela que homenageia Donald Trump foi novamente destruída. Mas como faz pra se estar lá mesmo? :P

A Calçada da Fama em Hollywood é, como diria o inesquecível Rei do Camarote, um sinônimo de status. É mais um dos vários lugares turísticos que simbolizam o sucesso AND fama que parece se conquistar só de beber a água de Los Angeles. Esse ar de “todo mundo aqui é glamuroso” que faz com que turistas LOTEM essa calçada o ano todo pra tirar fotos das estrelas de suas celebridades favoritas.

Só que, nos últimos tempos, teve gente que foi lá pra fazer uma ooooutra coisa. Na madrugada do último dia 25 de Julho, um homem chamado Austin Clay apareceu lá com uma picareta e DESTROÇOU a estrela de Donald Trump. Ele mesmo ligou pra polícia depois pra reportar, no melhor estilo “Oh!!! Quem terá feito essa barbaridade?”, mas no final das contas acabou se entregando e assumindo a autoria do quebra-quebra.

Não é a primeira vez que Trump tem sua estrela depredada. Em 2016, picharam ali coisas como um símbolo de “mudo” e até uma suástica. No mesmo ano, dias antes de ter sua vitória contra Hillary Clinton anunciada, um outro cara se disfarçou na multidão vestido de trabalhador de construção e MANDOU VER com uma marreta em cima do nome do futuro presidente. Esse homem, que se chama James Otis, disse à imprensa que tinha feito aquilo por um motivo enorme: “três ou quatro pessoas da minha família foram abusadas sexualmente. Eu estou muito triste de ter um candidato à presidência que é garoto propaganda da violência sexual”, disse, na época. E ainda contou que queria vender os pedacinhos da estrela e doar o dinheiro para as vítimas de Trump.

Donald Trump tem um histórico horripilante. Assédio, racismo, xenofobia, insensibilidade em sua administração… Como, afinal, um tipo desses vai parar em um lugar tão icônico?

A Calçada da Fama é propriedade da Câmara do Comércio de Hollywood. E segundo a produtora e vice-presidente de relações públicas da Calçada, Ana Martinez, o esquema funciona assim: os artistas precisam ser nomeados por seus agentes, estúdios, gravadoras ou fã-clubes. O único pré-requisito é: PRECISA ter pelo menos cinco anos de experiência na indústria. Aí, um time composto por representantes de cinco áreas do entretenimento (TV, rádio, cinema, gravações e performance ao vivo) julga os indicados e aprovam nomes baseando-se em popularidade, relevância e INCLUSIVE prêmios conquistados.

DEPOIS, caso o nome da celebridade seja aprovado, ela precisa PAGAR pela estrela — desde 2017, o valor é de humildes 40 MIL DÓLARES que dificilmente saem do bolso do homenageado. As mesmas instituições que enviaram as sugestões geralmente patrocinam essa história toda. Além disso, elas têm um prazo de 5 anos pra agendar o dia da cerimônia.

Donald Trump foi nomeado e inaugurou sua estrela em janeiro de 2007. Na época, ele era bem famoso pelo programa O Aprendiz, onde falava aquele inesquecível “você está demitido!” que era imitado e referenciado sempre. Mas 11 anos, várias polêmicas e muitas manifestações de descontentamento depois, tem uma galera que anda pedindo pra que seu nome seja removido de lá. A Câmara Municipal de West Hollywood inclusive votou a favor de sua retirada e encaminhou o pedido para o órgão responsável, que é quem bate o martelo. Até Mark Hammil entrou na conversa, falando que queria ver a estrela de Trump dar lugar a uma pra sua amiga BEM mais merecedora e amada, Carrie Fisher. <3

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

No entanto, o presidente da Câmara de Comércio de Hollywood não parece muito a fim de atender aos pedidos. Em uma declaração para a EW, ele afirmou que a instituição quer celebrar as contribuições positivas de quem está ali. Além disso, acredita que há maneiras mais ~positivas de se expressar essa raiva toda: “As pessoas podem fazer a diferença votando, e não destruindo propriedades públicas”.

É aquela coisa, né? Talvez o dono de um ponto turístico não esteja a fim de comprar uma briga com o presidente do seu país. Mesmo sendo sobre algo que vale a pena lutar. :P