Superbanner

Por que CATZO Deadpool foi classificado como não recomendado para menores de 16 anos e nos EUA recebeu a classificação R? Aliás, o que significa isso tudo?


Conheça nosso projeto no Patreon! Precisamos de você!

Agora é oficial: classificação indicativa de Deadpool no Brasil é de 16 ANOS. Tá lá no @JUDAONews, pode ver. E não, isso não significa que no Brasil a classificação é mais “leve” que a dos EUA, ou que o filme vai ter “censura e cortes”.

Juro que não queria ser eu o responsável por trazer essa notícia, mas... O Brasil não é os Estados Unidos. Eu sei que tem gente que gostaria que fosse, pensa inclusive que é mas, como, diria o BIQUINI CAVADÃO, “aqui embaixo as leis são diferentes”. Não só leis, a cultura também.

Não é só porque uma coisa lá é de um jeito que aqui é exatamente igual. Ou sequer DEVERIA ser.

As classificações indicativas são um exemplo. Lá fora, o Motion Pictures Association of America, um órgão controlado pelos principais estúdios de cinema dos EUA, classifica seus filmes de cinco maneiras: G, PG, PG-13, R e NC-17.

G significa que o filme é liberado para pra todo mundo, numa tradução livre de “general audiences”. Não há nada que possa ofender os pais, caso seus filhos assistam ao que quer que seja. Procurano Nemo, por exemplo.

PG, por sua vez, sugere que os pais deem uma olhada antes, já que algumas coisas podem não servir pra crianças, como Divertida Mente e... Tubarão, demonstrando que a época em que vivemos também influi nessas coisas. :)

Tubarão: PG nos EUA, 14 no Brasil. RISOS. :D

Tubarão: PG nos EUA, 14 no Brasil. RISOS. :D

PG-13 é a classificação mais popular, já que pede que os pais prestem muita atenção na hora de liberar suas crianças menores de 13 anos a assistirem ao filme. Tanta gente gosta dessa classificação porque ela garante uma enorme audiência, tanto de adultos quanto de jovens, tipo Os Vingadores.

R complica um pouco, mercadologicamente falando, uma vez menores de 17 anos só podem assistir ao filme acompanhados dos pais ou de um guardião adulto — e o orgão ainda afirma que os “pais precisam conhecer mais sobre o filme antes de levar seus filhos com eles”. Não à toa que o filme que mais ganhou $$$ nos EUA com essa classificação é A Paixão de Cristo, com um valor que o colocaria apenas em 20º lugar entre os filmes de classificação PG-13.

NC-17 é o terror de quem quer ganhar milhões e milhões de dólares. Nenhum menor de 17 anos pode assistir ao filme, ponto. Não entra no cinema, não tem jeito. Shame, Os Sonhadores e Azul é a Cor mais Quente são exemplos de filmes com essa classificação, assim como Showgirls, o filme NC-17 que mais arrecadou dinheiro nos EUA até hoje, o que o deixa em 3079º lugar entre todos os filmes de todas as classificações nos EUA.

Azul é a Cor mais Quente: NC-17 nos EUA, 18+ no Brasil

Azul é a Cor mais Quente: NC-17 nos EUA, 18+ no Brasil

No Brasil, as classificações indicativas são feitas pelo Ministério da Justiça, que desde 2006 segue um manual que prevê seis classificações: L, 10, 12, 14, 16 e 18, seguindo três critérios: Violência, Sexo / Nudez e Drogas. É, aliás, um sistema mais objetivo de classificação, muito mais voltado ao que é permitido do que o que é proibido.

L, de Livre, todo verdinho, admite “obras que contenham predominantemente conteúdos positivos e que não tragam elementos com inadequações passíveis de indicação para faixas etárias superiores a 10 anos”, inclusive violência, sexo, nudez e drogas, já que “nem sempre essas cenas são prejudiciais ao desenvolvimento psicológico da criança”.

Por exemplo, o filme pode ter classificação Livre e ter violência fantasiosa; presença de armas sem violência; mortes sem violência; ossadas e esqueletos sem violência; nudez não erótica; consumo moderado ou insinuado de drogas lícitas.

É só colocar todas as animações filmes da Disney nessa brincadeira pra ter como exemplo. :)

Procurando Nemo: G nos EUA, Livre no Brasil

Procurando Nemo: G nos EUA, Livre no Brasil

10 significa que o filme não é recomendado para menores de 10 anos e, permite presença de armas com violência; medo/tensão; angústia; ossadas e esqueletos com resquícios de ato de violência; atos criminosos sem violência; linguagem depreciativa; conteúdos educativos sobre sexo; descrições verbais do consumo de drogas lícitas; discussão sobre o tema “tráfico de drogas”; uso medicinal de drogas ilícitas.

Steve Jobs e Joy: Segredos Revelados, que estão em cartaz, são dois exemplos.

12 é a mais popular por aqui, justamente por ser a que mais permite coisas. Não é recomendado para menores de 12 anos porque pode conter ato violento; lesão corporal; descrição de violência; presença de sangue; sofrimento da vítima; morte natural ou acidental com violência; ato violento contra animais; exposição ao perigo; exposição de pessoas em situações constrangedoras ou degradantes; agressão verbal; obscenidade; bullying; exposição de cadáver; assédio sexual; supervalorização da beleza física; supervalorização do consumo; Nudez velada; insinuação sexual; carícias sexuais; masturbação; linguagem chula; linguagem de conteúdo sexual; simulações de sexo; apelo sexual; consumo de drogas lícitas; indução ao uso de drogas lícitas; consumo irregular de medicamentos; menção a drogas ilícitas.

Creed e Star Wars: O Despertar da Força não são recomendados para menores de 12 anos, por exmeplo.

14 não é recomendado para menores de 14 anos por conta de morte intencional; estigma/preconceito; nudez; erotização; vulgaridade; relação sexual; prostituição; insinuação do consumo de drogas ilícitas; descrições verbais do consumo e tráfico de drogas ilícitas; discussão sobre “descriminalização de drogas ilícitas”. Reza a Lenda e A Grande Aposta tem essa classificação.

Creed: PG-13 nos EUA, 12 no Brasil

Creed: PG-13 nos EUA, 12 no Brasil

16, como você deve imaginar, não é recomendado para menores de 16 anos por permitir estupro; exploração sexual; coação sexual; tortura; mutilação; suicídio; violência gratuita/banalização da violência; aborto, pena de morte, eutanásia; relação sexual intensa; produção ou tráfico de qualquer droga ilícita; consumo de drogas ilícitas; indução ao consumo de drogas ilícitas. 50 Tons de Cinza e O Regresso são dois exemplos.

Seja como for, alguém que tenha 12 anos pode assistir a um filme cuja classificação indicativa é 14, por exemplo, se ela tiver autorização, a partir de um formulário que as grandes redes de cinema disponibilizam em seus sites (dá uma procurada no Google por “formulário de autorização + cinema de sua preferência” que deve funcionar — ou vá direto nas informações sobre classificação indicativa do cinema).

18, porém, difere um pouco. Não é que não seja recomendado para menores e que os pais podem levar pra assistir, se quiserem. É proibido, mesmo, por conta de violência de forte impacto; elogio, glamourização e/ou apologia à violência; crueldade; crimes de ódio; pedofilia; sexo explícito; situações sexuais complexas/de forte impacto (incesto, sexo grupal, fetiches violentos e pornografia em geral); apologia ao uso de drogas ilícitas.

É, portanto, uma classificação realmente pesada, que coloca no mesmo BALAIO filmes pornô, Watchmen e Os Oito Odiados, por exemplo.

Watchmen: R nos EUA, 18+ no Brasil

Watchmen: R nos EUA, 18+ no Brasil

O Ministério da Justiça fez um Guia Prático da Classificação Indicativa, que explica melhor tudo isso, caso você tenha interesse, além de um site que explica tudo relacionado ao assunto, permitindo até a consulta de filmes, séries, jogos e o que mais você quiser saber.

Vamos, porém, pegar as classificações indicativas de Deadpool nos EUA e no Brasil — R e 16, respectivamente. O MPAA disse que Deadpool só pode ser assistido por menores de 17 anos se estiverem acompanhados de um adulto por conter “forte violência e linguagem ao longo de todo o filme, conteúdo sexual e nudez explícita”.

Até a publicação desta matéria, a portaria do Ministério da Justiça detalhando os “dados de inadequação” de Deadpool ainda não haviam sido publicados (atualizaremos quando o forem), mas vamos assumir que sejam exatamente os mesmos, com uma ou outra adaptação. Linguagem chula e linguagem de conteúdo sexual não são recomendados para menores de 12 anos; Nudez e relação sexual não são recomendadas para menores de 14 anos; se isso não bastar, violência gratuita/banalização da violência e relação sexual intensa não são recomendadas para menores de 16 anos.

E não é que Deadpool, no Brasil, é justamente “não recomendado para menores de 16 anos”? :D

Deadpool: R nos EUA, 16 no Brasil

Deadpool: R nos EUA, 16 no Brasil

Classificações indicativas não são baseadas nas idades, e sim nos conteúdos que, por sua vez, indicam a idade de quem pode assistir tranquilo, acompanhado de um pai ou responsável ou não deve sair de casa. Se nos EUA um filme tiver classificação R, aqui no Brasil ele pode ter uma outra classificação, mais leve ou mais pesada, sem que isso signifique que o filme seja diferente — com cortes, por exemplo. Você mesmo, aí onde estiver, pode classificar um filme, usando o Manual da Nova Classificação Indicativa. :)

Só pra você ter uma noção, no Canadá o filme poderá ser assistido por menores de 14 anos, enquanto na Austrália os menores de 15 já podem assistir, todos acompanhados pelos pais. No Reino Unido, porém, ninguém com menos de 15 pode assistir e pronto.

A Wikipedia tem um artigo bastante interessante, usando cores e números, pra mostrar todas essas variações de idades e temas na maioria dos países do mundo. É uma boa pra você dar uma clareada na cabeça e esquecer essa coisa de que uma classificação num lugar do mundo vale pra outra. NO MÁXIMO, equivalem. E olhe lá. :)

E é bom que se diga: a Fox confirmou ao JUDÃO que Deadpool será exibido no Brasil na íntegra, com exatamente a mesma versão que os americanos assistirão. É, desde já, o filme que você sempre quis assistir. :)

Acompanhe as principais notícias da cultura pop em tempo real!
Siga o @JUDAONews no twitter!
quero mais!
push({flush: true});