Vida além do Netflix: outros serviços de streaming que você pode assinar no Brasil | JUDAO.com.br

Para os mais diferentes gostos e bolsos.

Nos últimos tempos, Netflix se tornou sinônimo de serviço de streaming por conta do seu impressionante alcance global e a variedade de material disponível – além de um marketing poderoso e uma verdadeira máquina de hype para as suas produções originais, claro.

Mas talvez você não saiba ou não conheça outros serviços de streaming disponíveis no Brasil e alguns deles são — veja só! — nacionais. Em alguns casos, diversas produções existem nos mesmos serviços, portanto sempre é bom analisar o que as plataformas oferecem além do óbvio.

Aqui a gente vai te apresentar algumas outras opções pelas quais você se interessar, aproveitando o vindouro aumento da mensalidade do Netflix. Pode ser que os mais de $30 reais que eles cobrarão não seja assim tão válidos... ;)

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Amazon Prime Video

Um dos principais concorrentes do Netflix, a Amazon Prime Video estreou no Brasil em 2016 e também está disponível no Reino Unido, Japão, Alemanha, Índia e Áustria, além dos EUA. Com um preço bastante acessível, o catálogo também oferece produções originais, como as séries Transparent, Mozart in the Jungle, The Man in the High Castle e Marvelous Mrs. Maisel, além de disponibilizar produções como This is Us, Parks and Recreation, American Gods e The Night Manager. Entre as produções cinematográficas, o serviço disponibiliza alguns filmes recentes, trilogias como Senhor dos Anéis – que também ganhará uma série inédita ambientada nesse universo no serviço – e O Poderoso Chefão.

Mas, apesar de acessível, a plataforma tem alguns problemas que podem afastar os assinantes brasileiros com questões relacionadas à tradução e legendas. As reclamações envolvem problemas como falta de sincronia, episódios em espanhol e traduções ao pé da letra que podem prejudicar o contexto — além de alguns conteúdos não disponíveis, como o último episódio de uma temporada de The Grand Tour.

E, ao contrário do Netflix, não existe a possibilidade de criar mais de uma conta sob a mesma assinatura, portanto compartilhá-la com familiares e amigos não é uma possibilidade. Mas se você é um usuário solitário, quer pagar pouco e gosta da possibilidade de assistir em diferentes telas, o serviço custa atualmente R$ 7,90, passando para R$ 14,90 após os primeiros seis meses.

Globoplay

A plataforma digital criada pelo Grupo Globo foi lançada em outubro de 2015 e reservou durante bastante tempo apenas materiais originais da própria emissora, como as tradicionais novelas, séries e programas de variedades. Nos últimos tempos, no entanto, houve investimento em material inédito, como a série Assédio, protagonizada por Antonio Calloni, a comédia Além da Ilha, em parceria com o Multishow, e o drama Ilha de Ferro, protagonizado por Cauã Reymond. Até mesmo as produções destinadas para TV estão ganhando exibição com antecedência no streaming, como o drama Carcereiros, inspirado no livro homônimo de Dráuzio Varella.

Recentemente, o Globoplay também passou a investir na compra de produções internacionais, como The Good Doctor, drama protagonizado por Freddie Highmore produzido pela CBS, além de The Handmaid’s Tale, The Office, House, Charmed – Nova Geração, Killing Eve, The Big Bang Theory e várias outras, que podem ser baixadas no seu celular ou tablet para assistir offline.

Para usufruir desse material ou assistir ao capítulo da sua novela favorita um dia antes – sim, isso é possível! -, a assinatura mensal custa R$ 18,90, ganhando sete dias de degustação. O Grupo Globo também tem o Globosat Play, com uma proposta semelhante ao Globoplay, mas com foco em sua programação da TV fechada. Os assinantes de TVs por assinatura podem assistir à programação ao vivo e os conteúdos dos canais GNT, Multishow, Viva, Bis, Canal Brasil, Gloob, Globo News, Universal TV, Studio Universal, Off e Syfy.

Fox Play

Por falar em TV por assinatura, talvez você não saiba, mas pode assinar os canais Fox diretamente pela loja de aplicativos do seu smartphone, além da opção de assinar por sua operadora de celular ou internet. Com o aplicativo, você pode assistir a todos os conteúdos oferecidos pelos 11 canais da Fox, como FX, Fox Sports e NatGeo.

Custando R$ 35,90, você também pode assistir à todas as temporadas completas das principais séries do grupo, como Os Simpsons e The Walking Dead. Assinando o plano, você pode assistir a partir de tablets e smartphones com iOS e Android, por meio dos aplicativos de cada sistema operacional com sete dias gratuitos, além de aplicativos para TVs.

Google Play

Com o mesmo modelo do SPcine Play, o Google Play também não tem um serviço de assinatura mensal, mas tem um catálogo de respeito. Apesar de não sabermos o futuro da plataforma, o serviço oferece a possibilidade de compra e aluguel de filmes em formato digital e alta definição.

Com acesso pelo navegador, smartphone ou tablet, você só precisa procurar pelo filme que quer assistir, escolher qual opção é a melhor para sua necessidade e dar play. Pela praticidade, esse serviço é ótimo pra quem procura assistir a um filme específico após perder sua exibição nos cinemas, principalmente pela velocidade em que entram no catálogo.

Mas este pode não ser o serviço mais barato, já que você paga preços variados dependendo dos lançamentos e das ofertas da semana. Por exemplo, apesar de não ser uma produção recente, Doutor Estranho custa atualmente R$ 39,90, enquanto Venom custa R$ 6,90.

Por fazer parte do banco de dados do Google, as páginas dos filmes entregam uma boa quantidade de informações sobre as produções, além de trailers, classificação indicativa e links para outros filmes disponíveis do elenco.

HBO GO

Outro serviço de streaming bem conhecido, o HBO GO conta com produções da HBO (claro!), como Big Little Lies, Westworld e Game of Thrones, além de diversos documentários, filmes e séries antigas produzidas pela emissora e exibidas nos canais HBO, HBO2, HBO Plus, HBO Signature, HBO Family, Max, Max Up, Maxprime e Cinemax.

Com acesso ilimitado à todas as produções do catálogo, o assinante tem o app disponível em aparelhos da Apple e o Apple TV, dispositivos Android e Android TV, LG Smart TV e Samsung Smart TV, e no seu navegador usual. Com os 30 primeiros dias de assinatura gratuitos, o serviço passa a custar R$34,90 mensais após esse período e o assinante não precisa adquirir os pacotes HBO da TV fechada.

Mas, assim como a Amazon Prime Video, o HBO GO também apresenta alguns problemas, como erro de login e instabilidade dependendo do fluxo. É preciso ficar ligado.

Looke

Você se lembra do NetMovies? Pois bem, o serviço foi comprado pela plataforma brasileira Looke após o serviço de locação de filmes online cair em declínio com a ascensão do Netflix e afins no país. Looke é uma plataforma que oferece streaming de filmes e séries, mas também tem a opção de locação ou compra de algumas produções.

Com um catálogo de 12 mil títulos entre séries, filmes, documentários e shows, a plataforma disponibiliza produções antigas, filmes estrangeiros que vão direto para DVD e aluguel no Brasil e lançamentos de filmes que acabaram de sair dos cinemas, como é o caso de Aquaman e Infiltrado na Klan, por exemplo. O serviço disponibiliza séries produzidas pelo Canal Brasil em seu serviço de assinatura e produções do Telecine.

O Looke oferece também uma assinatura mensal chamada Video Club com acesso ilimitado aos filmes com selo com o nome do plano (R$ 16,90 para uma tela, R$ 18,90 para três telas e R$25,90 para três telas e o direito de uma locação por mês), além do aluguel de qualquer filme por R$1,89 com acesso ilimitado durante 48 horas após o 1º play e a compra de qualquer filme pelo valor de R$ 14,90 e acesso ilimitado ao material comprado.

SnagFilms

A única opção completamente gratuita dessa lista, o SnagFilms é uma plataforma que oferece filmes documentais e produções independentes patrocinadas por publicidade.

Com materiais produzidos pela National Geographic, o site contém mais de 2 mil longas recentes e clássicos, séries, animações, programas de televisão e documentários de diferentes épocas escolhidos pela equipe do site.

Todo esse conteúdo pode ser visto pelo aplicativo gratuito para iPhone, iPad, dispositivo Android e no seu próprio navegador, mas importante: o serviço está disponível apenas em inglês.

Mubi

O Mubi é um serviço de streaming dedicado aos clássicos do cinema, filmes independentes recentes e produções que passam em festivais e não entram em circuito pelo mundo – ou talvez entrem em uma única sala na Dinamarca, por exemplo. Todo dia, em uma escolha da equipe, o serviço indica uma nova produção disponível por 30 dias aos assinantes. Esse método pode ser um problema para um usuário casual acostumado com um catálogo disponível para assistir quando quiser – mesmo que o streaming te lembre que o mês está acabando. O serviço também oferece banco de dados sobre filmes e uma revista eletrônica chamada The Notebook, de graça, para qualquer pessoa interessada nas produções, mesmo que você não consiga ver o filme.

Com um período de testes de sete dias e uma assinatura mensal custando R$ 27,90 e uma anual saindo por R$ 238,80, você pode assistir aos filmes em cinco dispositivos diferentes e duas telas ao mesmo tempo, com a opção de ver online ou baixar o filme e assistir offline. Mas fica esperto porque o Mubi não oferece legendas em português em muitos dos filmes, então você precisa estar com o inglês em dia para curtir as produções.

Viki

Com o fim do DramaFever, os apaixonados por produções históricas sul-coreanas e doramas ficaram órfãos de novas produções. Uma alternativa viável é o Viki, serviço de streaming com várias opções de planos diferentes com foco na televisão asiática. O aplicativo inclui dramas televisivos e filmes, programas jornalísticos, game shows e realities de diversos países como Japão, Taiwan e Coreia do Sul. E o melhor, todos legendados pelos próprios usuários em mais de 200 idiomas.

Bastante organizado, o Viki oferece filtros por países, gêneros, categorias e até legendas, com página específica de cada programa com informações detalhadas sobre eles. Na tela de exibição dos programas, existe uma seção de comentários para os fãs conversarem com outros usuários sobre os programas favoritos. O serviço ainda conta com um necessário histórico de exibição para o usuário não se perder entre os programas e episódios assistidos, além de receber uma notificação quando novos episódios chegam à plataforma.

O serviço de streaming conta com três planos diferentes: o Viki Pass Basic (US$ 0,99), o Viki Pass Standard (US$ 4,99) e o Viki Pass Plus (US$ 9,99). Também existe a disponibilidade de assinar um plano anual com alguns descontos dentro de categorias parecidas com o plano mensal. Todos os planos incluem um teste gratuito de sete dias e oferecem diferentes vantagens, como acesso ilimitado na sua região e tempo de espera para novos programas. O aplicativo está disponível para Android, iPhones, iPads e Apple Tvs.

Philos

Também criado pelo Grupo Globo, o Philos é focado em documentários sobre história, ciência, arte e músicas, além de séries, debates e espetáculos de dança. Custando R$ 14,90 por mês, com R$9,99 nos primeiros 12 meses, o serviço oferece um canal de TV por assinatura e conteúdo que pode ser visto no seu computador, smartphone ou tablet.

Estão disponíveis documentários musicais como Prince: Sign O’ The Times, Remembering Whitney, os materiais biográficos sobre o cineasta Orson Welles, a cantora e compositora Joan Jett e o escritor J.R.R Tolkien, além de documentários como Minding the Gap, indicado ao Oscar na categoria em 2019.

Apesar do assinante poder assistir a todos esses materiais onde e quando quiser, o Philos ainda oferece condições de pagamento especiais para clientes NET ou Vivo.

Minding the Gap

SPcine Play

Focado no cinema nacional, SPcine Play apresenta um catálogo com longa-metragens históricos para o audiovisual brasileiro. O serviço de streaming é uma parceria entre a SPcine, empresa da Prefeitura de São Paulo, a O2 Play, que faz parte da distribuidora O2 Filmes, e a empresa de tecnologia Hacklab. O catálogo tem animações, obras musicais, clássicos nacionais e adaptações literárias de diversos gêneros e formatos.

Você ainda tem a possibilidade de assistir a produções das mostras e festivais e, em alguns casos, em paralelo com a programação oficial do evento – o aplicativo traz uma seleção de filmes que estão no Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade em 2019 e alguns filmes que passarão no In-Edit – Festival Internacional do Documentário Musical.

O conteúdo disponibilizado pelo SPcine Play e a tecnologia da própria plataforma é compartilhada com o Looke, então o serviço está disponível em aplicativo de celular e smart TVs, para o consumidor assistir onde quiser. Mas diferente das outras opções dessa lista, o SPcine Play não tem uma assinatura mensal e o pagamento é feito pelo aluguel do filme, que custa a partir de R$ 3,90 por título.

Curiosity Stream

O CuriosityStream é um serviço global de streaming por assinatura de não-ficção e só tem documentários e séries sobre ciência, história, tecnologia e natureza. Lançada em março de 2015, o serviço criado por John S. Hendricks – o fundador do Discovery Channel -, tem um catálogo com mais de 1.800 títulos e cerca de 600 horas de mídia não-ficcional feita pelo mundo todo.

Esse imenso catálogo está disponível apenas em inglês com pagamento feito em dólar e existem três planos disponíveis. O plano básico custa US$ 2,99 mensais e dá direito de assistir no computador, na TV, smartphone ou tablet, sem limite de streaming.

Esse plano pode ser cancelado a qualquer momento e ainda oferece os sete primeiros dias gratuitos. O plano Standard é o intermediário e custa US$ 5,99, com todos os direitos do plano básico com o bônus da imagem em HD. Já o plano Premium custa US$ 11,99 e inclui todos direitos dos planos anteriores e disponibiliza uma luxuosa visualização em 4K. Existem assinaturas anuais para todas essas opções com melhores preços e eventualmente alguns descontos.

Arte1 Play

Lançado em 2018, o Arte1 Play concentra um acervo digital sobre fotografia, cinema, teatro, literatura, dança, design, artes visuais, música e arquitetura em filmes, documentários, biografias, séries e entrevistas variadas.

Operado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação e pelo Grupo Nota do Tempo de Mídia e Produção, o catálogo inclui obras internacionais, séries brasileiras e programas originais.

A assinatura para acesso ilimitado custa R$ 7,99 por mês, mas parte do conteúdo está disponível gratuitamente como forma de degustação que você pode ver no seu navegador, tablet ou celular.