As 100 maiores músicas do século até agora: Beyoncé e mais 97 | JUDAO.com.br

Se você tem um mínimo de noção do que tá acontecendo na música pop atualmente, deve pelo menos imaginar quem são os primeiros colocados — o que faz um sentido DA PORRA, aliás

Pro leitor atento do JUDAO.com.br, não importa em qual especto da cultura pop, já deve ter ficado claro que estamos longe de ser aqueles saudosistas do tipo “ah, no meu tempo era melhor”. Porque, cá entre nós, era porra nenhuma. Não importa se o assunto é cinema, série, gibi ou música, fato é que os últimos anos permitiram um acesso maior à produção cultural, tanto do lado de quem faz quanto de quem consome, ampliando as possibilidades e nos colocando diante de uma senhora EFERVERSCÊNCIA.

Logo, quando a edição gringa da revista Rolling Stone lança uma lista com um nome tão pomposo quanto The 100 Greatest Songs of the Century – So Far, com as grandes canções lançadas pelo mercado fonográfico no Século XXI, a gente sabe que vem coisa de responsa por aí. Porque, definitivamente, não engolimos esta história de “música boa foi só na década de 70” ou “não se faz mais música boa como nos anos 80”. Faz sim, gente. Ô SE FAZ. ;)

A publicação pediu para que um grupo seleto de executivos da indústria fonográfica, produtores de renome, jornalistas — como os colaboradores da revista Andrew Casillas, Anthony DeCurtis, Jon Dolan, Suzy Exposito e ainda nomes do tipo Stephen Thomas Erlewine (Allmusic), Barry Walters (Pitchfork) e o lendário Kurt Loder, que foi da MTV — e obviamente músicos (de Avril Lavigne a Lars Ulrich, do Metallica, passando por Diplo, DJ Khaled, Dua Lipa, Courtney Love, Rita Ora, Courtney Love, Mark Ronson, David Guetta e Tom Morello), além de um sujeitinho de nome Cameron Crowe, que escolhessem suas 25 faixas favoritas deste período.

Aí foi só tabular os resultados e chegar na lista final de mais votados.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Este é, claro, um retrato que tem muito do mercado AMERICANO mas que, de alguma forma, a gente sabe que dita parte das paradas globais. E, vamos ser francos, estamos falando aqui de boa música pop, do adjetivo POPULAR. Esqueça os nichos. O lance aqui é mainstream.

Tem rock, tem eletrônico, tem punk, tem emo, tem indie, tem umas pitadas de jazz e blues... mas, principalmente, tem MUITO hip-hop e R&B. E isso quer dizer bastante pra quem sabe ler (e ouvir) nas entrelinhas. Que tipo de música anda REALMENTE conversando com as pessoas?

“Acreditamos que esta listagem cristaliza perfeitamente nosso compromisso em dar uma sensação de qual é a melhor música acontecendo hoje em dia e que está dando forma ao futuro”, afirmou a Rolling Stone, no editorial da edição especial que apresenta a lista.

O Top 3 traz a COPÁVEL Seven Nation Army, dos White Stripes, como medalha de bronze; Paper Planes, da M.I.A., levando a prata pra casa; e o poderoso troféu dourado, claaaaaaaaaaaro, ficou pra ninguém menos do que Beyoncé, com participação do maridão Jay-Z, com Crazy in Love.

“A música tem uma coisa meio velha guarda, mas eu não tinha certeza de que as pessoas iam comprar a ideia”, afirmou Beyoncé sobre o single que catapultou sua carreira solo a partir do disco Dangerously in Love (2003). Fato: o produtor Rich Harrison construiu a abertura, com esta batida de metais que virou um pequeno ícone pop (o Superpop da Luciana Gimenez que o diga), a partir de Are You My Woman? (Tell Me So), clássico das Chi-Lites nos anos 70.

A cantora gostou tanto que pediu pro sujeito escrever uma canção ao redor desta sonoridade — e lá foi ela voando pro estúdio pra gravar. “Ela tem uma voz tão poderosa que nosso trabalho foi só garantir que nada saísse distorcido”, brinca o engenheiro de som Jim Caruana, que trabalhou na gravação.

A decisão de incluir a participação especial de Jay-Z, com quem ela tinha começado a namorar, veio de última hora, o cara não se fez de rogado e mandou o rap no estúdio em plena madrugada. “Ainda bem que ele gravou”, ela agradece, deixando claro que não fica de saco cheio daquele que é seu hit absoluto. “Nunca me canso, não importa quantas vezes eu cante”.

Se você quiser conferir a lista completa, pode clickar aqui.