Boba Fett terá um filme só seu e ele será escrito e dirigido por James Mangold | Judão

Cineasta está escrevendo e vai dirigir história solo do caçador de recompensas pra LucasFilm, uma espécie de SONHO MOLHADO que os fãs de Star Wars esperam há anos

Justamente na semana em que o filme solo de Han Solo chega aos cinemas, descobrimos que a LucasFilm está trabalhando no filme solo de outro personagem que, muito embora tenha um nome que não permite a utilização frenética desta piada infame, vem sendo protagonista de boatos e insistentes pedidos a respeito de uma aventura própria: Boba Fett.

De acordo com o THR, o estúdio fechou com James Mangold, o homem por trás de Logan, para escrever e dirigir a história do caçador de recompensas mais icônico da franquia.

Além disso, Stephen Daldry (Billy Elliot) estaria em negociações pra comandar o filme de Obi-Wan Kenobi.

Mantendo o nosso foco naquela que é, por enquanto, a única confirmação de fato nesta história toda, vale lembrar que há alguns meses circulava a história de que Simon Kinberg, o roteirista/produtor que é o homem forte por trás dos filmes dos X-Men, estaria trabalhando num destes Uma História Star Wars com Fett no papel principal. Como Kinberg e Mangold são bem próximos e já trabalharam juntos em Logan, por exemplo, dá pra supor que seja o mesmo projeto — e é o que dizem as fontes do THR, sobre Kinberg ajudando no roteiro e ainda no papel de produtor.

Mangold contando a história de um caçador de recompensas... pensa só no potencial maravilhoso de que isso se torne um western espacial. E depois do que ele fez em Logan, sério, é IMPOSSÍVEL não ficar empolgado com o que vem por aí. :D

Chega a ser bastante engraçado pensar que Boba Fett, que deu as caras pela primeira vez no já lendário Star Wars Holyday Special (1978) mas depois tornou-se um dos vilões de O Império Contra-Ataca (1980), tenha um papel tão reduzido em tela — a ideia era, inclusive, que ele e Vader fossem irmãos, o que Lucas descartou quase que prontamente — e mesmo assim virou objeto de culto dos fiéis seguidores da franquia de George Lucas. Pensa só, ele tem poucos minutos de atenção em Bespin numa trama em que Darth Vader brilha e, no filme seguinte, O Retorno de Jedi (1983), morre já no começo, vítima do Sarlacc, criatura temível que habitava o Grande Poço de Carkoon no Mar das Dunas em Tatooine. Pronto, este foi o fim pra Boba Fett.

Quer dizer, na real, porra nenhuma. Porque é no universo expandido, em especial no que agora se convencionou chamar LEGENDS, que o culto ao camarada cresceu e foi se construindo a sua imagem de um dos mascarados mais BADASS da galáxia, que cobra um dos preços mais altos já conhecidos por seus serviços. Em obras como a série de quadrinhos Dark Empire, publicada na década de 90 pela Dark Horse, vemos como Fett escapou do Sarlacc, o que talvez fosse um caminho pros cinemas.

Com a ajuda de Dengar, outro mercenário bem menos sutil que também estava em busca de Solo (e que pode ser visto, inclusive, com aquele lenço branco enrolado na cabeça lá no palácio de Jabba, além de também dar as caras em Guerras Clônicas), ele se recupera e, além de enfrenar os cruéis Yuuzhan Vong depois da derrocada do Império, acaba eventualmente se tornando líder dos mandalorianos — o povo de Sabine Wren, de Rebels, cuja versão customizada da tradicional armadura de combate é companheira de Boba desde sempre.

Hoje em dia praticamente todos os grandes portais e grupos de mídia do Brasil cobram pra que você possa ler seus conteúdos. O JUDAO.com.br continua produzindo conteúdo de graça pra todos, de forma independente, em diversas mídias, e vai fazer isso pra sempre. Mas não tá fácil pra ninguém.

Nunca o JUDAO.com.br foi tão lido em toda sua história, mas anúncios estão desaparecendo, o Facebook não deixa ninguém sair de lá e nós dependemos cada dia mais dos nossos leitores, ouvintes e espectadores pra financiar a produção de todo esse conteúdo sobre cultura pop que é bem raro na internet Brasileira. Se todo mundo que gosta, compartilha e/ou comenta contribuir, o nosso futuro estará garantido. Vamo?

Conheça nosso projeto e assine a partir de R$10 / mês. :)

Na série de livros Legacy of the Force, ele se torna um homem de família e chega a treinar Jaina Solo, filha de Han e Leia, para enfrentar seu irmão Jacen, aquele que foi pro lado negro da Força e que, sabemos bem, acabou sendo a inspiração pra Kylo Ren nas telonas.

Também não faltam histórias a respeito do passado de Boba, crescendo e começando sua trajetória de caçador de recompensas, sendo criado por Jaster Mereel, o Mand’alor, líder de todos os clãs mandalorianos, e até atuando como um stormtrooper que chega a matar seu comandante. Mas em Bloodlines, livro de Karen Traviss publicado em 2006, a gente descobre que grande parte das histórias pregressas sobre Boba Fett podem ter sido inventadas pelo próprio, semeadas por aí para ajudar a construir a sua reputação. Faria um bocado de sentido, aliás. ;)

Vale lembrar ainda que o que se tem de concreto em termos de cronologia sobre Boba é que o personagem, cujo conceito foi criado por Ralph McQuarrie e Joe Johnston quando ele ainda era um design rejeitado pro Darth Vader, é que ele é um clone do próprio pai. Em O Ataque dos Clones (2002), Jango Fett, um dos caçadores de recompensas mais temidos da galáxia, serve de matriz genética para o exército de clones criado pelo povo do planeta Kamino, principalmente por conta de sua vitalidade e força física. Mas a condição de Jango, além da grana, é ter um único espécime clonado sem as alterações para que cresçam mais rápido, de maneira que pudesse ser uma criança que cresça e se desenvolva normalmente. Os cientistas aceitaram e nascia assim Boba, criado como filho por Jango — o menino que viu seu pai morrer nas mãos de Mace Windu (Samuel L. Jackson).

Quer algo mais Velho Oeste do que uma boa história de vingança? :D

James Mangold com Hugh Jackman e Dafne Keen no set de Logan

Nos comentários do DVD do Retorno de Jedi, o próprio George Lucas admite que, se soubesse que Boba se tornaria assim tão popular, teria planejado pra ele uma morte mais “empolgante”. Mas há cerca de três anos, o historiador e especialista na saga, Jonathan W. Rinzler, que inclusive chegou a escrever alguns livros de referência sobre Star Wars pra LucasFilm, afirmou em um AMA do Reddit ter tido uma conversa interessante com George Lucas sobre o destino de Fett.

“Sim, ele saiu”, respondeu, quando questionado sobre o destino do mercenário no poço do Sarlacc. “Tive reuniões com George que confirmam que Fett sobreviveu. E se veio do George, então é verdade”. BOM, não que isso seja exatamente uma realidade na LucasFilm nos dias de hoje, sejamos honestos aqui... mas talvez exista, portanto, uma porta aberta aqui, caso Mangold realmente resolva contar uma história pós-trilogia original.

Aguardemos as próximas informações. :)