Emilia Clarke: "Encontrem outro adjetivo, porra. Já deu essa de 'mulher forte'. Vamos ser só mulheres" | Judão

Ela cansou do rótulo de “mulher forte” para papéis femininos. E nós também.

Women in Motion é um projeto criado pela agência Kering em parceria com o Festival de Cannes. Desde 2015, durante o evento rolam conversas com mulheres relevantes no audiovisual e entrega de dois prêmios, um para uma figura feminina inspiradora e um para uma novata que esteja se destacando na indústria.

Nessa terça, 15, Emilia Clarke foi a convidada do dia. Falou um pouco sobre Han Solo: Uma História Star Wars, no qual interpreta Qi’Ra, destacando que veremos uma história no “submundo obscuro dos gângsters” do universo. Quando perguntada sobre a próxima e última temporada de Game of Thrones, abordou a saudade que sentirá de Daenerys Targaryen. “Sinto como se estivesse me preparando para sair de casa… é animador, triste e assustador, tudo ao mesmo tempo”, disse.

Ao entrar no assunto principal da entrevista, feminismo e os movimentos pela igualdade de gênero e denúncias contra agressores sexuais, Emilia falou sobre como o clima mudou muito na indústria – e como ainda há MUITO a ser feito. “É um problema que existe desde sempre, e mudá-lo do dia para a noite é algo impossível. Mas se continuarmos pressionando gentilmente e mantivermos o assunto com consistência, teremos uma abertura do diálogo cada vez maior ao invés de um movimento que some tão rápido quanto surgiu”.

Emilia Clarke durante o Women in Motion 2018

Um dos comentários mais interessantes foi sobre a maneira que MUITOS repórteres falam sobre os papéis femininos – e sobre como isso a deixa puta da cara. “Me perguntam ‘como eu me sinto interpretando uma mulher forte’, e eu respondo ‘vou te dizer como é interpretar uma mulher, só isso, fim’. Que droga, encontrem um novo adjetivo!”, disse, de maneira ~enérgica. “Se uma mulher não é forte, o que ela é? Você está me dizendo que existe uma outra opção, a mulher fraca?”. E ainda deu uma boa sugestão: “Me perguntem sobre como é ser a protagonista de um filme ou sobre dar vida à uma mulher com muito poder. Isso me deixa frustrada, porque você não ouve sobre um ‘homem forte’, a não ser que seja fisicamente forte. Então, a não ser que eu tenha um muque sobre o qual eu não estou sabendo, por favor, mudem isso”.

Ouvir mulheres é o primeiro passo para criar novos hábitos que substituam os velhos costumes CHEIOS de machismo enraizado. Alguém eloquente como Emilia Clarke usar sua alta relevância para trazer atenção a esses detalhes é algo que realmente pode ajudar a facilitar as coisas um pouco. <3

Os eventos do Women In Motion continuam até o dia 19 de maio. Dá pra acompanhar as entrevistas ao vivo pela página da Kering no Facebook AND assistir à entrevista completa da Emilia Clarke apertando o play aí embaixo. ;)

Emilia Clarke – Women in Motion Talk

Watch actress Emilia Clarke live for her #WomenInMotion Talk in Festival de Cannes! Emilia Clarke is attending Cannes for the premiere of Solo: A Star Wars Story. She plays the role of Qi'Ra in the film alongside Alden Ehrenreich, Donald Glover and Thandie Newton. She will next be seen in the final season of the Emmy Award winning series Game of Thrones for HBO and has starred in the international hit Me Before You.

Posted by Kering on Tuesday, May 15, 2018