Existe esperança para Obi-Wan e ela pode estar no streaming da Disney | Judão

Vocês sabem que a gente vai ter de assinar isso, né? Não vai ter escapatória. :P

Nas últimas semanas, vem rolando diversos burburinhos sobre os bastidores das próximas produções da Lucasfilm. Aqui no JUDAO.com.brfalamos sobre os rumores de que o estúdio estaria adotando a CAU-TE-LA para seus próximos spin-offs, mas TALVEZ eles estejam, na verdade, mudando sua estratégia original – pelo menos para o filme do Obi-Wan: segundo o Playlist, existe uma chance do filme solo do mestre de Anakin Skywalker se tornar um lançamento exclusivo daquele serviço de streaming da Disney.

A empresa do Pateta planeja lançar seu próprio Netflix em 2019 e precisa de conteúdo exclusivo no seu catálogo, que já é bem vasto. Nada melhor que um filme novo do universo Star Wars para atrair consumidores e entrar com força no mercado de streaming, certo?

SE esse novo boato for verdadeiro, esse seria o segundo projeto de Star Wars que estaria exclusivamente no futuro serviço exclusivo do estúdio. Atualmente, Jon Favreau está desenvolvendo uma série live action ambientada sete anos depois de Star Wars: Episódio VI – O Retorno do Jedi e cerca de 20 anos antes dos acontecimentos de Star Wars: O Despertar da Força.

Hoje em dia praticamente todos os grandes portais e grupos de mídia do Brasil cobram pra que você possa ler seus conteúdos. O JUDAO.com.br continua produzindo conteúdo de graça pra todos, de forma independente, em diversas mídias, e vai fazer isso pra sempre. Mas não tá fácil pra ninguém.

Nunca o JUDAO.com.br foi tão lido em toda sua história, mas anúncios estão desaparecendo, o Facebook não deixa ninguém sair de lá e nós dependemos cada dia mais dos nossos leitores, ouvintes e espectadores pra financiar a produção de todo esse conteúdo sobre cultura pop que é bem raro na internet Brasileira. Se todo mundo que gosta, compartilha e/ou comenta contribuir, o nosso futuro estará garantido. Vamo?

Conheça nosso projeto e assine a partir de R$10 / mês. :)

Nunca esteve muito claro o real status de desenvolvimento do filme solo do Obi-Wan – mesmo com as notícias sobre negociações com o diretor Stephen Daldry e com o desejo de Ewan McGregor de reprisar o papel. Após os rumores de hiato envolvendo todos os spin-offs, a esperança de uma história sobre o personagem tinha caído vertiginosamente. Caso o estúdio escolha fazer uma produção exclusivamente para o streaming, a Lucasfilm não dependeria da bilheteria e a Disney poderia testar essa nova estratégia. Se der certo, os aguardados spin-offs que foram parar na geladeira poderiam ter um novo meio de distribuição.

As grandes sagas e trilogias no cinema e os spin-offs no serviço de streaming não parece uma ideia ruim para os estúdios.

Todos esses rumores estão construindo uma enorme expectativa para a próxima Star Wars Celebration, que acontecerá em Chicago em Abril de 2019. Até lá, o estúdio tem tempo suficiente para resolver todos os seus problemas, contabilizar suas perdas e ganhos com Han Solo: Uma História Star Wars e focar no final de sua trilogia atual. Além de criar algo que é essencial para qualquer produção hollywoodiana: ANTECIPAÇÃO.

Os próximos passos confirmados da Lucasfilm nos cinemas envolvem o Episódio IX – que será lançado em dezembro de 2019 -, a nova trilogia que está nas mãos de Rian Johnson e outra trilogia de David Benioff e DB Weiss, showrunners de Game of Thrones.

O resto é basicamente especulação e boatos. Vamos ficar de olho.