Seja lá quais forem as grandes surpresas de Vingadores: Guerra Infinita, a Disney tá disposta a tudo pra não revelar antes do tempo | JUDAO.com.br

Depois da mudança da data de estreia nos EUA, o Mickey Mouse resolveu que ninguém vai assistir ao filme até a segunda-feira antes da estreia. Medo, confiança ou foda-se?

Existe uma clara relação entre o momento em que jornalistas podem começar a falar de um filme e o quanto esses mesmos jornalistas gostam desses filmes, como mostramos aqui. Em resumo: quanto maior o tempo entre o fim do embargo, mais críticas positivas o filme recebe; quanto menor, mais críticas negativas.

Nada de surpreendente. Os tais embargos são nada além de uma maneira de estúdios controlarem a narrativa dos seus filmes no cinema. Quem não cumpre corre o risco de perder acesso aos filmes e seus realizadores, o que, pra maioria dos veículos, é algo realmente perigoso. Não é a única maneira (perceba as entrevistas que temos feito com o pessoal dos filmes da Warner, por exemplo), mas é uma das mais eficientes.

Os filmes da Marvel Studios sempre estrearam uma semana antes dos EUA em boa parte do mundo, incluindo o Brasil. NORMALMENTE as exibições acontecem semanas antes da estreia por aqui, com os embargos caindo a cerca de 10 dias da chegada aos cinemas.

No Rotten Tomatoes, que vamos combinar que só passou a ser considerado de fato depois de Batman VS. Superman, é de Thor: Mundo Sombrio o pior resultado, com “apenas” 66% de críticas positivas — sendo esse filme e O Incrível Hulk os únicos com menos de 70%.

Em outras palavras, tudo dentro dos conformes. Mas aí tem Vingadores: Guerra Infinita, né?

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

O terceiro filme dos Vingadores estreia no próximo dia 26 de Abril, quinta-feira. A premiere mundial acontece no dia 23, segunda-feira antes da estreia; a primeira exibição geral para a imprensa rola no dia 24, terça, com o embargo caindo às 19h no horário de Brasília. No Brasil, o filme deverá ser exibido no dia 25 de Abril, um dia antes da estreia, o mesmo em que as pré-estreias já estarão acontecendo. Evento de fãs de um site com Chris Pratt? Tudo embargado, não pode tirar foto, não pode fazer vídeo, não pode dizer o que viu.

Isso significa então que a Marvel TREMEU?

Eu confesso que, inicialmente, pensei exatamente isso. Mas depois, com a revelação de que o título de Vingadores 4 vai “assustar” as pessoas, somada à história de que ele vai ser revelado ao fim de Guerra Infinita, algumas peças começaram a se encaixar.

Algo que só acontecia em produções consideradas “menores” do estúdio, como Homem-Formiga, por exemplo, a estreia de Vingadores: Guerra Infinita vai ser “day and date” ou, pra ser menos paunocu publicitário, no mundo todo — adiantando em uma semana a estreia nos EUA.

Por qual motivo, razão ou circunstância? Bem, essa carta dos Irmãos Russo divulgada no twitter explica.

“Vamos visitar fãs em todo o mundo exibindo apenas algumas cenas pra evitar ESTRAGADEIROS da história pra quem assistir depois”, diz o texto, explicando mais ou menos o que é que a Disney vai fazer no tal do evento pra fãs de um site com o Chris Pratt. “Não vamos exibir o filme completamente até a pré-estreia em Los Angeles, pouco antes da estreia mundial. Todos os envolvidos no filme trabalhou muito duro pelos últimos dois anos pra manter tudo secreto. Poucas pessoas conhecem o plot real do filme”.

“Pedimos pra que quando você assistir a Guerra Infinita nos próximos meses, que você mantenha tudo tão secreto quanto, pra que todos os fãs tenham uma experiência igual quando assistirem pela primeira vez. Não estrague pros outros da mesma maneira que você não gostaria que estragassem pra você. #ThanosDemandsYourSilence”

Não sou muito a favor dessa coisa toda de “olha, não conte pra ninguém”. Não gosto que filmes se prendam a revelações de plot pra funcionar — o filme, antes de qualquer coisa, precisa ser bom e contar bem a história, seja ela qual for. Mas parece que é mesmo o medo de spoilers que tá fazendo a Marvel segurar o filme, mais do que medo de críticas — o que, também, parece que eles tão cagando.

Seja como for, como o JUDAO.com.br não gosta (mais) de brincar de pega-pega, caso essas datas sejam mesmo confirmadas, não publicaremos nossa resenha até o dia 26 de Abril; caso a exibição para a imprensa aqui no Brasil aconteça no dia 24 também, aí sim nosso texto sairá um dia antes.

Depois disso, nossa cobertura segue normal. Análises, HQs pra ler... Aquilo tudo que você já conhece. Beleza? Beleza.