Hayley Atwell explica o motivo para o fim de Agent Carter | Judão

Segundo ela, a ABC estava preocupada em usá-la em algo mais mainstream, como a série Conviction, que ela estrelou durante treze episódios (até que foi cancelada)

Agent Carter foi cancelada em 2016. Mesmo dois anos depois, continuamos chateados e incrédulos com o que aconteceu — ainda mais depois que, em entrevista ao AV Club, Hayley Atwell falou sobre os motivos que levaram a ABC a tirar Peggy Carter do ar.

“É uma pena que a emissora tenha cancelado para me deixar em algo mais popular. Sabe, a Marvel não queria que acabasse. Existem várias campanhas online para trazê-la de volta. Fãs a amam. Eu acho que foi mais uma questão econômica: ‘Vamos colocar Hayley Atwell em uma produção de gênero menos específico e ver se conseguimos maior audiência.’ E infelizmente isso é algo sobre o qual, como atriz, não tenho controle”, disse a atriz.

Lembrando que a tal série mainstream que colocaram Hayley foi Conviction, drama legal sobre a filha rebelde de um ex-presidente dos Estados Unidos que é chantageada para participar de investigações sobre resoluções de crimes que puniram pessoas erradas. Foi cancelada após treze episódios de uma única temporada, em 2017.

Ou seja... tudo isso pra nada. :P

A importância de Agente Carter ser a primeira série do Universo Cinematográfico Marvel a ter uma mulher como personagem principal não foi maior do que a influência dos números de espectadores, infelizmente. Ela até andou falando sobre não ter certeza se Peggy Carter realmente não voltará a aparecer no Universo Marvel, mas de uma maneira beeem superficial. Dá pra ter uma esperança, mas pequenininha.

Caso esteja com saudades, dá pra assistir Hayley Atwell atualmente na mini-série da BBC Howards End, interpretando Margaret Schlegel, uma das irmãs protagonistas em uma história sobre a luta de classes na Inglaterra do início do século XX.