Já tá na hora de um Hellboy 3, né? | Judão

O cheiro de enxofre está ficando bem forte. E com a San Diego Comic-Con chegando por aí… :D

Chega essa época do ano, um calor no coração, a magia colorida da San Diego Comic-Con começa a dominar nossos pensamentos. Espera-se conteúdos inéditos de Batman VS. Superman, Esquadrão Suicida e Star Wars: O Despertar da Força, além de X-Men, Quarteto Fantástico e Deadpool. Mas um dos grandes anúncios da edição desse ano pode acabar sendo o retorno do Hellboy aos cinemas.

Começou no ano passado, durante o trecho do painel da Legendary Pictures dedicado à Colina Escarlate ou, se preferir, Crimson Peak, o novo filme de Guillermo Del Toro. O diretor mexicano aproveitou boa parte dos seus quase OITÔ minutos no palco do Hall H pra falar de todas as maluquices lindas e assustadoras da sua cabeça que serviram pra tirar esse filme “muito pessoal” do papel, além de exibir o primeiro trailer do filme.

Sem tempo pra um Q&A, o que de fato tira boa parte da graça e/ou razão de se levar essa galera toda pra dentro do Hall H (tanto os TALENTOS quanto o público), Del Toro deu uma esticada no seu tempo pra fazer duas perguntas à galera: quem ali gostaria de assistir ao seu filme baseado em Nas Montanhas da Loucura, de H.P Lovecraft? E Hellboy 3, quem tá numas de assistir? A multidão foi à loucura, óbvio. Del Toro apontava pra trás, indicando que muita gente interessada naquela reação estava por ali, ouvindo. E aí sim encerrou o seu painel: “Now it’s over. Thank you very fucking much!”

Thomas Tull, presidente da Legendary Pictures e um dos grandes responsáveis pelo fato de que a gente pode assistir aos filmes de Del Toro, subiu ao palco na sequência e, RÁPIDO E RASTEIRO, disse que “conversamos depois de Círculo de Fogo 2“.

Mais tarde, em entrevista ao JUDÃO, o diretor afirmou que, ao QUEBRAR O PROTOCOLO, “quis dizer pra eles que as pessoas querem Hellboy 3, querem Nas Montanhas da Loucura. (...) Os fãs sempre falam comigo sobre esses filmes, e eu tenho de explicar que não sou eu, eu amaria fazer. Agora eu quis apresentar os dois lados, ser um mediador desse diálogo”.

Você, aliás, pode ver e ouvir Guillermo Del Toro e a galera indo à loucura aqui embaixo, basta apertar o play!

Naquele mesmo ano, pouco antes do painel na SDCC, Del Toro participou de um AMA no Reddit no qual afirmou que não via Hellboy III no horizonte. “Eu não acho que vá acontecer”, disse. “Criativamente, eu ADORARIA fazer. Criativamente. Mas é quase impossível financiar. Não do meu lado, mas do lado dos estúdios. Se eu fosse multimilionário, pagaria do meu bolso, mas eu gasto todo meu dinheiro em monstros de borracha”.

“Eu fui em todos os estúdios pedindo pra financiarem, mas eles não têm interesse. O primeiro filme conseguiu se pagar e conseguiu um pouco de lucro, mas foi muito, muito bem em DVD. A história se repetiu com o segundo, se pagando e conseguindo um pouco de lucro, indo muito, muito bem em DVD”, conta. “Infelizmente, de um ponto de vista dos negócios, todos os estúdios sabem que não há nenhuma segurança em relação a DVD, então eles enxergam o projeto como perigoso”.

Hellboy 2: O Exército Dourado cometeu o erro CRASSO de estrear apenas uma semana antes de Batman: O Cavaleiro das Trevas, em 2008. Embora tenha se saído bem melhor que o anterior em termo$ de bilheteria$ no mundo todo, dentro dos EUA (que é onde importa) o filme acabou dando um prejuízo de cerca de $10M. E aí sabemos como as coisas funcionam, não?

Ron PerlmanPor um bom tempo o projeto esteve morto — ou, pelo menos, vivo apenas dentro da cabeça de Del Toro, de onde começou a querer sair na Comic-Con do ano passado e que, apresentado a Ron Perlman, deixou o próprio Garoto do Inferno, em carne, osso e enxofre, EMBASBACADO. “Ele compartilhou o suficiente comigo pra eu saber que vai ser sensacional. De verdade. Será cinema dos bons”, disse em entrevista à Variety. “E se você seguiu os primeiros dois filmes, vai ficar ainda mais alucinado porque nós temos... Se você gostou do primeiro e do segundo, temos algo que vai mexer com tudo no terceiro”.

“Chega um momento em que ele precisa cumprir seu destino, que é se tornar a fera do apocalipse, ou se sacrificar de alguma maneira pra não destruir a humanidade e salvá-la”, disse. “Essa é a discussão do terceiro filme; e eu acho que é uma discussão que vale a pena ter, e é algo que a gente deve aos fãs e eu tou jogando bem limpo quanto a isso”.

Del Toro, aliás, contou sobre isso no tal do AMA do Reddit, mas talvez tenha falado DEMAIS. :)

Então, desde o início do mês Perlman — que tem 65 anos e disse que, se não fizerem o filme logo, vai precisar atuar numa cadeira de rodas — começou a fazer o tal do trabalho de mediador que Del Toro começou no ano passado, aproveitando seus quase 600.000 seguidores no twitter e Facebook. “Tem alguém que quer ver Hellboy III tanto quanto eu? Vamo fazer essa porra dar certo! Vamos terminar a trilogia; nós merecemos!”, postou nas suas redes sociais (fazendo com que este que vos escreve tomasse no cu na hora de traduzir “trending”), no que foi apoiado por Doug Jones (o cara que faz todos os personagens “sem cara” do Del Toro e, em Hellboy, interpreta Abe Sapien).

“Em 48h eu ganhei 20.000 novos seguidores, 60.000 amigos no Facebook e percebi que atingi um nervo que nem sabia que existia”, disse. Talvez fosse o caso, então, de partir pra um esquema de financiamento coletivo, que tal? “Eu não queria me envolver em crowdfunding”, disse, em entrevista ao Digital Spy. “Não acho que seja o trabalho dos fãs financiar um filme. Penso que é das pessoas que fazem isso profissionalmente. O trabalho dos fãs é sentar, comprar pipoca, Coca-Cola e assistir ao filme e se divertir”.

Provavelmente o pessoal de Veronica Mars e Shenmue 3 não concorde, mas é um pensamento que faz sentido. Eu posso dizer que, pessoalmente, entendo exatamente o que ele quer dizer. Chega a ser frustrante... Mas enfim. :)

Perlman afirma que não conversou com Del Toro desde que resolveu tentar SUBIR A TAG, no início do mês. Eu não tenho porque duvidar dele mas, é óbvio, tanto o diretor quanto o pessoal da Legendary (e possivelmente outros estúdios) estão ligadinhos no barulho que ele começou, faltando duas semanas exatamente para o início da San Diego Comic-Con.

Se vão anunciar, enfim, a produção, não dá pra saber. Círculo de Fogo 2 ainda tá um pouco longe, mas... Quem sabe? O momento é mais do que propício. :)