HQs para ler DEPOIS de ver Homem-Aranha: De Volta ao Lar | Judão

Gibis que, de alguma forma, inspiraram o que você viu no cinema – ou que se relacionam com o que foi contado no filme. Um guia pra você que não sabe por onde começar a ler as HQs do herói. :)

SPOILER! Você é daqueles que saiu EMPOLGADAÇO do cinema depois de assistir Homem-Aranha: De Volta ao Lar, quer ler os gibis, mas não tem a mínima ideia por onde começar? Isso é mais comum do que você imagina – por isso o JUDÃO está aqui pra te ajudar a encontrar aquelas histórias que, de alguma forma, se relacionam com o que você acabou de ver na tela grande.

São gibis que revelam os primórdios do herói, incluindo o Universo Ultimate, que é uma das grandes inspirações do longa-metragem. Tem também HQs do Universo Marvel principal, principalmente com a relação entre Tony Stark e Peter – além de um certo uniforme criado pelo Homem de Ferro...

Bora? ;)

O primeiro encontro com o Quarteto Fantástico

Uma das questões vistas no novo filme do Aranha é o desejo dele de fazer parte dos Vingadores – ou, melhor dizendo, os Novos Vingadores, já que é a equipe que surgiu após o final de Era de Ultron. Não deixa de ser uma referência direta a um acontecimento que, nas HQs, ocorreu pouco depois de Peter Parker ganhar seus poderes – a diferença é que, na época, a grande equipe da Marvel Comics era o Quarteto Fantástico.

Na história, publicada logo em Amazing Spider-Man #1 de 1963, Peter Parker tenta de qualquer jeito conseguir dinheiro como Homem-Aranha, principalmente por conta das dívidas acumuladas após a morte do tio Ben. Porém, o editor-chefe do Clarim Diário, J. Jonah Jameson, faz com que o Amigão da Vizinhança tenha uma vida ainda mais difícil. Assim, ele tem uma ideia ~genial: fazer parte do Quarteto Fantástico, no qual poderia proteger as pessoas AND ganhar um salário.

Só que ele descobre que o Quarteto Fantástico é uma organização sem fins lucrativos e que ninguém ganha salário. Cuén.

Essa história seria recontada pouco tempo depois, em Fantastic Four Annual #1, do mesmo ano. Já a HQ de Amazing Spider-Man #1 você pode encontrar em Biblioteca Histórica Marvel #1 (de 2007) ou Coleção Histórica Marvel #9 (de 2015), ambos publicados pela Panini, ou adquirir a edição original digital lá no ComiXology.

Curva de Aprendizado

Criado em 2000, o Ultimate Homem-Aranha foi uma nova versão do personagem, jovem tanto quanto nos anos 1960 e atualizada para os anos 2000. O primeiro arco foi justamente o de origem, mas é o segundo que nos interessa aqui: Curva de Aprendizado.

Publicado originalmente entre Ultimate Spider-Man #8 e #13, é aqui que Peter consegue o emprego no Clarim Diário como técnico de informática. É aqui também que ele enfrenta o vilão Shocker e o Electro pela primeira vez, além do Rei do Crime.

Um dos méritos da história é saber mesclar bem a falta de experiência de Peter como herói, além dos problemas que isso traz na vida particular – ele, por exemplo, cancela um encontro com a Mary Jane.

No Brasil, o arco inteiro foi reunido no encadernado Marvel Millennium – Homem-Aranha Vol. 2, publicado em 2007. E você também pode comprar a versão digital no ComiXology por $10,99.

Legado

Uma das dinâmicas em De Volta ao Lar é o relacionamento entre mentor e mestre do Aranha com Tony Stark. É um outro conceito que vem do Universo Ultimate, no qual Peter é muito mais jovem que os outros heróis – e, por isso, acaba meio que sendo treinado e adotado por eles. No entanto, quem ocupa este posto de principal mentor inicialmente é Nick Fury, o diretor da SHIELD. Além de ser a cara do Samuel L. Jackson, é ele quem da suporte e ensinamentos ao Homem-Aranha.

O primeiro arco com essa dinâmica é justamente Legado, publicado entre as edições 22 e 27 de Ultimate Spider-Man. Aqui, o Aranha confronta Norman Osborn, que vê no herói parte de seu legado – ambos ganharam poderes com o Oz, uma fórmula criada pela Oscorp. E o Fury dá todo um suporte durante estes acontecimentos.

No Brasil, estas histórias foram publicadas apenas no gibi mensal Marvel Millenium: Homem-Aranha, já na época da Panini, e são difíceis de achar. Mas você pode encontrar o arco completo lá no ComiXology.

Escola de Super-Herói

Ok, você está querendo MESMO ver uma coisa mais próxima entre Peter Parker e Tony Stark nos quadrinhos. No Universo Ultimate isso acontece a partir de Ultimate Spider-Man #150, uma edição especial de aniversário. É ali, pela primeira vez, que os heróis mais velhos falam em um treinamento FORMAL do Homem-Aranha. O principal defensor é justamente o Tony Stark, enquanto Steve Rogers acredita que ele precisa ser mais próximo das pessoas e combatendo crimes menores.

A partir da edição seguinte, a 151, Peter começa a ser treinado por Tony – que, inclusive, dá novos disparadores de teia para o padawan.

Essas histórias saíram no Brasil em 2011, na revista mensal Ultimate Marvel, e você pode comprar o encadernado digital por $12,99.

Homem-Aranha: Os Novos Vingadores

Voltamos ao Universo Marvel principal, aquele que anteriormente era conhecido como 616. Aqui, Peter Parker conseguiu finalmente ser um membro efetivo dos Maiores Heróis da Terra em meados dos anos 2000, com a criação dos Novos Vingadores. Junto, veio o convite: o de morar na Torre Stark (aka Torre dos Vingadores), após o sobrado no Queens da tia May ser destruído.

E, assim, Peter, MJ e May vão morar junto com os principais super-heróis da Casa das Ideias a partir de Amazing Spider-Man #519, criando uma relação de “patrão e empregado” entre Peter e Tony Stark.

Esse é outro arco que você encontra lá no ComiXology, completo.

A Caminho da Guerra Civil

O relacionamento entre Peter e Tony foi crescendo – e, por causa disso, o Homem de Ferro resolveu criar um novo uniforme para o parceiro em Amazing Spider-Man #529. Sim, essa não é uma ideia original da Marvel Studios.

Criado a partir das cores do Ferroman, o novo uniforme era à prova de balas, resistente a altas temperaturas, capaz de atirar teias melhores e de diferentes formas, entre outras coisas – fora, claro, enormes “garras”, que emulavam as patas de uma aranha. Tudo perfeito para os dois heróis irem até Washington, acompanharem os debates sobre a Lei de Registro de Super-Humanos – aquela mesma que levaria o Universo Marvel para a guerra.

Publicado pela revista mensal do Homem-Aranha no Brasil na década passada, você facilmente pode comprar e ler o arco completo no ComiXology, junto com outras revistas dessa mesma fase.

Homem-Aranha Superior

Você pode achar que a fase da mente do Otto Octavius no corpo do Homem-Aranha não tem qualquer relação com De Volta ao Lar, mas tem, sim. E, mais uma vez, o motivo é o uniforme. Otto Parker, como ficou conhecido pelos leitores, fez uma série de melhorias no visual do herói, além de criar os Spider-Bots, que patrulhavam a cidade – um conceito que, mesmo que inconscientemente, foi parar no drone-aranha e no rastreador vistos no novo filme da Marvel.

O desenvolvimento dos robôs acontece logo no primeiro arco, chamado originalmente My Own Worst Enemy – mas, se você se empolgar, pode ler toda a fase, que durou menos de um ano. Essas HQs foram publicadas em um gibi mensal da Panini chamado Homem-Aranha Superior, a partir de dezembro de 2013 – e não são tão difíceis de encontrar. Tem também o encadernado do primeiro arco, publicado no Brasil em 2016, ou ainda as edições digitais no ComiXology.

O Segredo de Peter Parker

No começo dos anos 2000, o roteirista J. Michael Straczynski resolveu levar o Homem-Aranha de volta às suas origens: separado da MJ, ele passa a trabalhar como professor no mesmo colégio que estudou anos antes. No processo, ele enfrenta o novo vilão Morlun, mas é melhor deixar essa parte pra lá.

O interessante aqui é que, após uma luta contra o malvadão, Peter vai pra casa, tira o uniforme e se joga na cama, cansado e todo machucado, pra dormir. E, em Amazing Spider-Man #35, eis que chega a tia May no apartamento do sobrinho, preocupada, e encontra o Peter jogado ao lado do uniforme do Aranha. O segredo mais mal guardado da Marvel chegou ao fim – numa cena que, de alguma forma, lembra o fim do filme De Volta ao Lar.

Essa história é relativamente fácil de encontrar: saiu no volume 13 da Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel da Salvat, publicada em 2013, além do sexto volume da coleção Homem-Aranha: Grandes Desafios. E tá no ComiXology, também.

Quem é Miles Morales?

E, pra fechar, voltamos ao Universo Ultimate. É que lá Peter Parker ~morre em um confronto final contra o Duende Verde, sendo “substituído” por Miles Morales – um garoto que também foi picado por uma aranha contaminada por Oz e ganhou quase os mesmos poderes de Peter.

No entanto, este arco não está na lista por causa de Miles: é que na segunda edição de Ultimate Comics Spider-Man, de 2011, é introduzido um personagem chamado Ganke. Ele é o melhor amigo de Miles, que descobre a verdade sobre ele ser o Aranha e se torna um grande parceiro de aventuras. É praticamente a mesma dinâmica do Peter Parker do novo filme, só que com Ned – uma referência a Ned Leeds, outro personagem do cânone do Escalador de Paredes.

Enfim, troque “Ned” por “Ganke” que você tem basicamente o mesmo personagem – isso sem falar que, recentemente, a versão dos quadrinhos ganhou o apelido de, veja só, NED. Se você ler ao menos esse primeiro arco do Miles, vai entender o que quero dizer.

No Brasil, essas histórias saíram na revista mensal Ultimate Marvel a partir da edição 28, de 2012. E você encontra no ComiXology.