JJ Abrams explica como será a participação da General Leia Organa no novo Star Wars | JUDAO.com.br

É bom já pegar a caixa de lenços…

A morte de Carrie Fisher, em Dezembro de 2016, deixou um buraco no coração dos fãs da atriz e da franquia Star Wars. Além de atriz e roteirista fantástica, Fisher também era uma figura singular em Hollywood e sua falta sempre será sentida por seus fãs, amigos e familiares.

Com a aproximação do lançamento de Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker, houve muito questionamento sobre como Leia seria retratada, já que a personagem teria um papel importante na conclusão épica da história iniciada há quatro décadas.

Em entrevista à Vanity Fair, o diretor JJ Abrams revelou que não se sentia bem em simplesmente fazer uma Carrie Fisher digital e não havia qualquer possibilidade da personagem ser interpretada por outra pessoa — uma questão de bom senso, né? Durante esse processo, Abrams lembrou que havia algumas imagens da atriz que sobraram de O Despertar da Força, entre elas cenas alteradas ou inteiramente cortadas.

A solução encontrada foi, então, desenterrar esse material. “É difícil até mesmo falar sobre isso sem parecer que estou sendo um tipo bobão espiritual cósmico, mas parecia que de repente havíamos encontrado a resposta impossível para a pergunta impossível”, disse o diretor. A partir daí, ele começou a escrever cenas ao redor dessas imagens antigas, basicamente ajustando o material à história.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Em respeito à Billie Lourd, filha da atriz, Abrams à princípio não havia pensado em cenas que envolvessem Leia e a tenente Connix, personagem interpretada por Lourd. Mas segundo o diretor, ela rejeitou essa ideia e pediu para estar em todas. “E então, há momentos em que elas estão falando; há momentos em que elas estão se tocando”, afirmou o diretor.

“Há momentos neste filme em que Carrie está lá, e eu realmente sinto que há elementos da clássica Carrie, estranha e espiritual, você sabe, que teria acontecido dessa maneira, porque de alguma forma funcionou. E nunca pensei que fosse”, completou.

Já sabíamos que não seria fácil dar adeus à Carrie Fisher, mas será ainda mais emocionante vê-la interagindo com sua própria filha nesta homenagem. Não esqueça de levar lencinhos para sua sessão. :P