John Krasinski nunca pensou numa sequência de Um Lugar Silencioso, mas deu uma ideia pro que poderiam fazer | JUDAO.com.br

A Paramount confirmou a sequência do filme dirigido e estrelado pelo Jim de The Office, mas nunca disse que ele voltaria. Tá explicado. :P

Um Lugar Silencioso foi uma surpresa muito bacana. Ninguém esperava nada, mas o filme ficou várias semanas em 1o lugar nas bilheterias, ganhou aproximadamente U$257 milhões no mundo todo — tendo custado U$17 milhões de dólares pra ser feito — e, como diz a nossa resenha, “é o melhor filme de terror do ano (até agora pelo menos).”

Com toda essa animação, e como era de se esperar, a Paramount anunciou uma sequência para o suspense de John Krasinski, durante a CinemaCon deste ano. Muito embora Jim Gianopulos, CEO da Paramount, tenha dito que o filme será feito com “o mesmo grupo de pessoas que trabalhou no primeiro”, não sabemos ao certo se John Krasinski estará envolvido ou não.

Nessa semana, porém, ao Deadline, e o ator e agora diretor comentou um pouco sobre essa segunda parte e o que gostaria que acontecesse.

Hoje em dia praticamente todos os grandes portais e grupos de mídia do Brasil cobram pra que você possa ler seus conteúdos. O JUDAO.com.br continua produzindo conteúdo de graça pra todos, de forma independente, em diversas mídias, e vai fazer isso pra sempre. Mas não tá fácil pra ninguém.

Nunca o JUDAO.com.br foi tão lido em toda sua história, mas anúncios estão desaparecendo, o Facebook não deixa ninguém sair de lá e nós dependemos cada dia mais dos nossos leitores, ouvintes e espectadores pra financiar a produção de todo esse conteúdo sobre cultura pop que é bem raro na internet Brasileira. Se todo mundo que gosta, compartilha e/ou comenta contribuir, o nosso futuro estará garantido. Vamo?

Conheça nosso projeto e assine a partir de R$10 / mês. :)

O filme não mostra a origem das criaturas que se alimentam de humanos ou o porquê de tanta atração por barulhos (e isso é TOTAL um dos pontos fortes do longa), mas uma prequência não está nos planos. Em vez disso, John gosta da ideia de vermos histórias de outros sobreviventes paralelas aos acontecimentos da história original. “Como as outras pessoas sobreviveram? Como aquele idoso sobreviveu? Nas condições extremas nas quais vivem os personagens, não há espaço para pensar nisso. [...] Eu acho que seria interessante ver o que está acontecendo em um outro lugar naquele mesmo momento.”

Também achamos, John! E esperamos que você esteja nesse projeto também. Mas concordamos demais quando você diz que “nunca havia pensado em em um mundo expandido; sempre achei que era mais uma história só”. Às vezes falta essa coragem de contar uma história só e ponto, né? :P