A Lucasfilm resolveu adotar CAU-TE-LA com as próximas Histórias Star Wars | Judão

Se você está esperando ansiosamente pelo filme do Obi-Wan e do Boba Fett, temos péssimas notícias…

Bem, parece que foi bom enquanto durou. Depois de Rogue One e Han Solo, e boatos e conversas envolvendo Obi-Wan Kenobi e Boba Fett, a Lucasfilm decidiu colocar um freio em suas próximas produções secundárias. De acordo com o Collider, estúdio optou por focar sua atenção em Star Wars: Episódio IX e na trilogia que virá após esse filme (aquela escrita e dirigida pelo Rian Johnson).

Segundo o site, o filme sobre o mestre de Anakin Skywalker realmente estava sendo produzido, mas os envolvidos no projeto não estão mais trabalhando. Tava tudo em estágio inicial, mas Stephen Daldry chegou a ser ventilado como possível diretor desse filme. O filme do Boba Fett, que apareceu nos radares depois que noticiaram conversas da Lucasfilm com James Mangold — o mágico responsável por Logan — também deve ser esfriado consideravelmente, assim como uma sequência de Solo, um filme do Yoda e um spin-off do Lando Calrissian. :P

Essa decisão não é realmente uma surpresa depois dos problemas de bilheteria e das críticas mistas de Solo. O filme arrecadou U$84,4 milhões no primeiro fim de semana e conseguiu U$192,8 milhões globalmente em quatro semanas. Apesar de não ser realmente um fracasso para os bolsos do estúdio — isso ainda é uma boa grana dentro dos padrões blockbusters –, o desempenho é muito baixo perto dos outros filmes da franquia. Por exemplo, quando comparamos com Rogue One – primeiro spin-off cinematográfico do estúdio – a diferença é bem gritante. O filme de Gareth Edwards conseguiu U$155 milhões no primeiro fim de semana e arrecadou U$424 milhões APENAS nos EUA depois de quatro semanas.

O que pode ter colaborado para esse “fraco” desempenho foi a data de lançamento apenas seamans depois das estreias de Vingadores: Guerra Infinita e Deadpool 2. Enquanto a aguardada continuação de Vingadores foi um verdadeiro massacre de bilheteria — passando dos U$ 2 BILHÕES globalmente –, Deadpool 2 conseguiu ultrapassar U$ 500 milhões em apenas 11 dias.

Abençoado seja Josh Brolin.

Hoje em dia praticamente todos os grandes portais e grupos de mídia do Brasil cobram pra que você possa ler seus conteúdos. O JUDAO.com.br continua produzindo conteúdo de graça pra todos, de forma independente, em diversas mídias, e vai fazer isso pra sempre. Mas não tá fácil pra ninguém.

Nunca o JUDAO.com.br foi tão lido em toda sua história, mas anúncios estão desaparecendo, o Facebook não deixa ninguém sair de lá e nós dependemos cada dia mais dos nossos leitores, ouvintes e espectadores pra financiar a produção de todo esse conteúdo sobre cultura pop que é bem raro na internet Brasileira. Se todo mundo que gosta, compartilha e/ou comenta contribuir, o nosso futuro estará garantido. Vamo?

Conheça nosso projeto e assine a partir de R$10 / mês. :)

Há algum tempo, vemos os projetos da Lucasfilm ganhando destaque por inúmeros problemas nos bastidores. Apesar do sucesso de Rogue One, o filme não passou ileso de alguns tradicionais transtornos e precisou passar por diversas refilmagens para retrabalhar o terceiro ato — tudo com a supervisão do roteirista Tony Gilroy. E ainda teve a saída dos diretores Phil Lord e Chris Miller durante a produção de Solo, cedendo lugar à Ron Howard, que também precisou refazer várias cenas.

Agora, a ideia da Lucasfilm é concluir a trilogia atual no Episódio IX e focar na próxima trilogia com novos personagens. Além, claro, da série de filmes escritos por David Benioff e DB Weiss, showrunners de Game of Thrones — esses são projetos que continuam em desenvolvimento e não fazem parte desses spin-offs que entraram em hiato.

Segundo uma entrevista para o site /Film em 2017, Kathleen Kennedy — presidente da Lucasfilm — comentou que o estúdio está “olhando para pessoas interessantes para entrar no mundo Star Wars e nos levar a lugares que ainda não estivemos”. E o caminho realmente parece ser esse.

Mesmo que esses spin-offs sejam ideias interessantes – Boba Fett faroeste! -, essa pode ser a melhor decisão para o estúdio no momento. Com o fim da trilogia atual, a Lucasfilm precisa começar a explorar novas histórias, universos complexos e personagens.

Existem INÚMEROS caminhos narrativos que o estúdio pode trilhar, só falta querer.