Mulher-Maravilha 2: in Patty Jenkins we trust

A diretora QUER e já sabe como fazer a sequência. Só precisa a Warner aceitar, de cabeça baixa, e agradecendo por tudo. :P

Com mais de US$223 Milhões em bilheterias em todo o Mundo no seu fim de semana de estreia, sendo 100 desses milhões de dólares tendo sido faturados apenas nos EUA — superando a estreia de Homem de Ferro, o que não necessariamente significa qualquer coisa baseado nos mais diversos contextos possíveis, mas, HEY — o trabalho de Patty Jenkins e Gal Gadot em Mulher-Maravilha é uma realidade.

E a melhor notícia que se pode ter, depois de tudo isso, é que o tal trabalho tem tudo pra continuar. A Warner não fez qualquer comentário sobre uma sequência, mas a diretora Patty Jenkins — que também superou, com Mulher-Maravilha, os 50 Tons de Cinza de Sam Taylor-Johnson como a maior bilheteria de um filme dirigido por uma mulher — afirmou que tanto ela quando Gal Gadot já têm contratos assinados pra um segundo filme. Mais do que isso: ela QUER continuar a história.

“Não sou muito de obrigações quando se trata de arte. Você quer fazer um filme como esse porque você acredita nele”, disse a diretora ao EW. “Aí eu tive essa revelação no meio da noite: esse é o seu elenco dos sonhos, você criou uma personagem que eles amam e você pode querer qualquer coisa agora. (...) Eu fiz Mulher-Maravilha. Agora eu quero fazer Mulher-Maravilha 2. É uma história linda de contar, um momento importante pra contar e com pessoas que amam”.

“A história vai se passar nos EUA, o que eu penso que é o certo”, afirmou a diretora. “Ela é a Mulher-Maravilha. Ela precisa voltar pros EUA. Tá na hora”. Olha, quando o primeiro filme dos Vingadores acabou, o primeiro pensamento que passou pela minha cabeça foi qual outro vilão, tão poderoso quanto Loki, eles poderiam enfrentar pra fazer sentido uma reunião daquelas; a resposta veio rápido, na forma de um sorriso de Thanos.

Me parece justo pensar que Donald Trump, nos tempos de hoje, seja um grande vilão a ser enfrentado depois do vilão do primeiro filme. ;)

Patty Jenkins mandando na porra toda do set de Mulher-Maravilha

A única questão aqui, porém, é entender a liberdade que Patty Jenkins terá no futuro. Com o primeiro filme, ela obviamente precisou encaixar suas ideias no que Zack Snyder criou para o DCEU. Só que as coisas parecem um tanto invertidas agora, além do fato de Snyder não ter mais tanto poder sobre este Universo como antes.

Patty Jenkins não é o tipo de pessoa que vai aceitar qualquer coisa só pra fazer o filme, como ela já deixou claro MAIS de uma vez e, com Mulher-Maravilha, ela tirou qualquer tipo de poder da Warner de tentar forçar algum tipo de ideia, tom ou o que for. Quem comanda a brincadeira agora é essa mulher.

E, como já dissemos outras vezes pela história... In Patty Jenkins we trust. ;)