Netflix vai lançar sua primeira série animada africana e isso é INCRÍVEL | JUDAO.com.br

Pois é, vamos lá, é hora de repetir AQUELA frase mais uma vez. <3

Acredito que, depois dos últimos lançamentos da cultura pop, já tenha ficado bastante claro que nem todos os super-heróis do mundo precisam ser homens brancos – ou precisam serem escritos, dirigidos e interpretados por homens brancos. Pensando EXATAMENTE nisso, o Netflix anunciou o lançamento da série animada Mama K’s Team 4, uma produção da sul-africana Triggerfish Animation Studios e da CAKE, empresa britânica de entretenimento.

A criação é da zambiana Malenga Mulendema, uma jovem escritora que ganhou notoriedade após se tornar uma das oito vencedoras da Iniciativa Triggerfish Story Lab em 2015, que visava encontrar e divulgar talentos pan-africanos.

Mama K’s Team 4 seguirá quatro adolescentes que vivem em uma versão futurista de Lusaka, na Zâmbia, enquanto são treinadas por um agente secreto aposentado para salvar o mundo. Parece simples, mas é o tipo de história que passa uma mensagem poderosa. Em entrevista à Variety, Mulendema disse que se inspirou nas suas próprias experiências ao assistir desenhos animados quando era criança, em que nenhum dos heróis se parecia com ela ou vivia em um mundo que se assemelhava ao dela.

“Ao criar um show de super-heróis em Lusaka, espero apresentar ao mundo quatro garotas africanas fortes que salvam o dia de maneira divertida e maluca”, disse ela. “Mais importante, quero ilustrar que qualquer pessoa de qualquer lugar pode ser um super-herói”.

Mantendo esse pensamento sobre apresentar figuras femininas ao mundo, o serviço de streaming está colaborando com o Triggerfish e o CAKE para encontrar outros talentos femininos pan-africanos para se juntarem à equipe de criação da série, desenhada pelo artista camaronês Malcolm Wope. Dar oportunidade para mulheres torna a existência dessa animação ainda mais importante.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Na década passada, o Triggerfish se tornou uma verdadeira potência na incrível indústria de animação da África do Sul, quando seus dois primeiros filmes, Zambézia e Khumba, se tornaram dois dos cinco maiores sucessos de bilheteria sul-africanos de TODOS OS TEMPOS. No currículo do estúdio, ainda existem diversos especiais animados de natal para a BBC, incluindo o curta Revolting Rhymes, indicado ao Oscar em 2018.

Mama K’s Team 4, que se juntará à outras duas séries originais africanas dramáticas anunciadas pelo serviço de Los Gatos, dará a oportunidade de meninas negras verem mulheres poderosas que SE PARECEM COM ELAS e vivem realidades parecidas com as delas sendo corajosas e salvando o mundo porque são capazes.

Assim como Mulher-Maravilha, Pantera Negra e Capitã Marvel, Mama K’s Team 4 representa um passo importante para crianças em todo o mundo e não apenas os EUA ou os brancos. Repitam com a gente outra vez: representatividade nunca é demais.