Porra, HBO: Elefantes de Westworld vieram de empresa conhecida por maltratar animais | Judão

2018 e bichos sendo usados pra entretenimento. Isso não é exatamente Westworld, HBO. :P

Ano passado rolou uma puta polêmica quando um vídeo dos bastidores de uma cena de Quatro Vidas de um Cachorro, onde um treinador força a entrada de um cachorro apavorado em uma piscina com forte correnteza, caiu na internet. O pessoal da produção negou, se fez de desentendido, colocou o filme no cinema e ainda estampo aquele famoso selo que diz que “nenhum animal foi maltratado durantes as filmagens”.

Ficaí o questionamento sobre o que é maltrato pra algumas pessoas, né?

Virtù e Fortuna, terceiro episódio da 2a temporada de Westworld, exibido no último domingo (06), mostrou dois elefantes em cena, carregando pessoas. O tal do aviso de que nenhum animal foi maltratado tava lá e tal, mas o caso chamou a atenção do PETA (que significa People for the Ethical Treatment of Animals, algo como “pessoas unidas pelo tratamento ético de animais”), associação que fiscaliza maus tratos de animais em vários contextos nos Estados Unidos.

O responsável pela fiscalização de animais em filmes e televisão da organização, Lauren Thomasson, enviou uma carta aberta ao presidente de programação da HBO, Casey Bloys, comentando sobre os tais elefantes que, segundo consta, foram alugados (...) de uma empresa chamada Have Trunk Will Travel, conhecida e bem criticada por maus tratos AND por ainda oferecer passeios com esses animais. Pra provar tudo, eles linkaram também um vídeo que mostra abuso físico de elefantes durante os ~treinamentos, que você pode ver clicando aqui. Recomendamos cuidado, porém, porque as imagens são BEM pesadas, tá?

Na carta, que você pode ler na íntegra (em inglês) aqui, Thomasson afirma que sabe de planos de incluir também ursos na série e detalha: “De 4 elefantes que nascem no cativeiro da HTWT, apenas um viveu por mais de 4 anos”. Ele comenta, também, sobre a visão dos espectadores, dizendo que “a oposição pública ao uso de animais para o entretenimento está mais forte do que nunca – o que é evidenciado pelo fechamento do Circo Ringling Bros., após 146 anos de exploração e a retirada de passeios em elefantes de várias companhias de viagem.” Por fim, dá a dica: “considerando que computação gráfica é realista e livre de crueldades, todos os animais selvagens nas séries da HBO deveriam ser criados assim, como foi o lindo tigre apresentado no episódio da noite passada.”

A Deadline procurou a HBO para uma resposta, e recebeu o seguinte posicionamento:

“Todos os animais que aparecem nas produções HBO são tratados com o máximo de cuidados e respeito por sua saúde, segurança e bem-estar. Um representante responsável por segurança animal, certificado pela American Humane, esteve presente a todo momento durante gravações com animais em Westworld. O órgão confirmou as boas condições e a produção foi certificada com o “Nenhum Animal foi Maltratado”. Estamos revendo o conteúdo relacionado aos vídeos de treinamento que incluem um dos elefantes que aparece na série. É claro, nenhum desses materiais foi gravado durante a produção (de Westworld) e, de maneira alguma, reflete a realidade nos estúdios.”

Tá. Mas mesmo que você faça DE TUDO pra ter certeza de que ele estará bem durante as gravações em seu controle, contratar animais selvagens que estavam em ambiente violento é SIM ser conivente com a situação. Os elefantes e outros animais da HVWT parecem sim muito bem cuidados. Mas o vídeo citado é explícito: toda a obediência e truques vêm de um dia-a-dia de abuso físico e condições insalubres. São coagidos a fazer gracejos e a ideia de que um ser vivo aprenda algo por medo de sentir dor é assustadora.

Bota essa porra pra funcionar direito, HBO!