Quem precisa de Google se você tem o Manual do Escoteiro Mirim? | Judão

Um verdadeiro clássico será relançado ainda em 2016 pela Editora Abril para a alegria das crianças de 30 anos ou mais! :D

Você sabe o que é um deus ex machina? Expressão latina com origem grega, significa “deus surgido da máquina”, geralmente é utilizada para designar uma daquelas soluções mirabolantes e improváveis que alguns autores usam para concluir a trama obras de ficção.

Na cidade de Patópolis, o centro absoluto do Universo Disney, temos um deus ex machina recorrente, que se esconde na página de um livro que tem as respostas para qualquer situação, por mais ESDRÚXULA que ela pareça. E ele está nas mãos do trio Huguinho, Zezinho e Luisinho. Trata-se do Manual do Escoteiro Mirim (em inglês, Junior Woodchucks Guidebook). Precisa da resposta para um enigma que parece sem solução? Mas com certeza a pista deve estar nas páginas do Manual!

Inspirado no chamado Boy Scout Handbook, manual publicado religiosamente pela Boy Scouts of America desde junho de 1911 para guiar os pequenos escoteiros da Terra do Tio Sam, o livro criado pelo mestre Carl Barks foi citado nos gibis pela 1a vez em The Secret of Atlantis, história publicada na revista Uncle Scrooge # 5, de 1954, mas a versão escoteira dos trigêmeos já povoava os quadrinhos dos patos desde 1951, na revista Walt Disney Comics #57, quando Barks mostrou que um jeito de tentar fazer os sobrinhos do Pato Donald ficarem um pouco menos incontroláveis seria fazê-los se tornarem escoteiros. Bom, aparentemente, deu certo, já que nas histórias os três se tornaram não apenas mais “sérios” e responsáveis do que os PESTINHAS que eram assim que surgiram no mundo Disney, mas também corajosos AVENTUREIROS com pinta de heróis.

escot_03

A versão “sempre alerta!” de Huguinho, Zezinho e Luisinho deu tão certo que se tornou base, por exemplo, para as suas aventuras ao lado do Tio Patinhas em DuckTales, a série animada produzida entre os anos de 1987 e 1990 e fez alguém pensar em oferecer para as crianças do mundo real a mesma oportunidade de obter as respostas supremas sobre a vida que os escoteiros da Disney tinham. E assim que a editora italiana Arnoldo Mondadori publicou, a partir de 1969, o Manuale delle Giovani Marmotte. Esta edição foi a principal inspiração para o nosso clássico Manual do Escoteiro Mirim, de 250 páginas, que a Editora Abril publicou com um baita sucesso por aqui entre as décadas de 1970 e 1980.

Lançado originalmente no dia 13 de Julho de 1971, o livro trazia um apanhado gigantesco de informações, indo de dicas de fotografia a dicas para acampamentos, passando por leitura de mapas, utilização de uma bússola, identificação e localização pelas estrelas, trabalhos manuais, acender fogueiras, cuidados com animais de estimação... Tudo com uma porrada de ilustrações, claro.

Pois bem: eis que a Editora Abril anunciou que vai REPUBLICAR o Manual do Escoteiro Mirim, seguindo a iniciativa italiana de alguns meses atrás – e a expectativa é que ele saia ainda este ano, num esquema fac-símile, uma reprodução exata da edição original. De acordo com matéria publicada pela revista Superinteressante, também da Abril, a editora possui apenas um exemplar, que pertencia à coleção pessoal do dono da empresa, Roberto Civita, falecido em 2013, e hoje está guardada a sete chaves na Memória Abril.

Manual do Escoteiro MirimNo Brasil, o Manual do Escoteiro Mirim teria ainda uma sequência, o 2º Manual do Escoteiro-Mirim (1976), e logo depois uma reedição do original em brochura, publicada em 1978. Esta último, aliás, daria início a uma série brasileira de manuais Disney como o Manual do Detetive e o Manual do Espião – que a Abril, aliás, também está prometendo.

Anos depois, este material todo seria aproveitado em publicações como o Supermanual do Escoteiro-Mirim (aquele que tinha uma capa que podia ser fechada com chave, para esconder o “conteúdo secreto”), na Biblioteca do Escoteiro Mirim e na enorme coleção Manuais Disney, publicada pela Editora Nova Cultural a partir de 1988 (e que tinha também manuais dos personagens, como Peninha, Zé Carioca, Tio Patinhas e Professor Pardal, além de edições bem específicas como o Manual de Mágica, o Manual da Televisão e o Manual dos Jogos Olímpicos).

Numa busca simples em um site como o Mercado Livre, por exemplo, é possível encontrar exemplares da edição original por preços que variam entre R$ 80 e R$ 120, de acordo com o estado de conservação, enquanto a coleção completa da Biblioteca do Escoteiro Mirim, com 20 volumes, é oferecida por algo em torno de R$ 1.200.

Ainda não temos mais informações a respeito de preço ou data de lançamento dessa reedição, mas já dá para os saudosistas começarem a comemorar e pensar em quais crianças da família vão ganhar o livro de presente.

E sim, a sua CRIANÇA INTERIOR também vale. ;D