Vazamento não vai nem fazer cócegas em Vingadores: Ultimato | JUDAO.com.br

Cinco minutos do filme, que caíram na internet nessa semana, funcionam muito mais como INCENTIVO a assistir a um filme do que os trailers divulgados

Assim que soube do vazamento de cenas de Vingadores: Ultimato, eu fui atrás. Inicialmente pelo que podemos chamar de CURIOSIDADE JORNALÍSTICA, já que eu queria saber se eram realmente cenas do filme ou alguma coisa inventada, o que não seria a primeira vez que acontece. Com o play apertado, assisti à melhor coisa que une os maiores heróis da Terra desde Capitão America: Guerra Civil.

Sim, são imagens com a qualidade de uma BATATA, tudo torto, mal dando pra entender o que é dito muitas vezes e eu jamais recomendaria aquilo pra ninguém — nem recomendaria, nem compartilharia. Mas são cenas que, embora recheada de spoilers daqueles que atacam a alergia de qualquer um, me fizeram ter vontade real oficial verificada de ASSISTIR ao filme pela primeira vez desde que esse quarto filme dos Vingadores foi anunciado, ainda com o título de Guerra Infinita: Parte 2.

Vingadores: Guerra Infinita foi um erro. Não o filme em si, mas tudo o que girou em torno dele, todo o EVENTO. Tornaram as pseudo-mortes dos personagens em algo muito maior do que deveria ser, fazendo as pessoas se focarem basicamente nisso; não é à toa, também, que o marketing de Ultimato é focado na redenção, nos “Avenge the Fallen”, em como os que sobraram sofrem, o que eles vão fazer pra trazer os outros de volta.

Os tais 5mins vazados e, justiça seja feita, também um dos últimos clipes do filme que foram divulgados, mostram que enquanto isso vai de fato ser um assunto, não vai ser o único. Que há muito mais coisas envolvidas — coisas realmente divertidas, especialmente pra quem gosta dessa coisa de hominho em geral, mesmo.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

No dia seguinte ao vazamento, os Irmãos Russo divulgaram MAIS UMA daquelas cartinhas pedindo para que as pessoas não revelassem spoilers do filme. A hashtag #ThanosDemandYourSilence ressurgiu junto de #DontSpoilEndgame e até ganhou um emoticon no twitter, junto com todos os outros personagens e, claro, PERICLÃO da Massa (este site fala PERICLÃO, não PERICÃO).

Nela, eles citam o trabalho duro de todos que participaram do filme, os fãs e sua importância e ignoram o vazamento, se focando novamente na coisa toda de “se você assistiu, não revele nada pra quem não viu”. O ponto é que, sendo divulgada um dia depois do vazamento daqueles 5mins, a carta pareceu muito mais uma resposta — inclusive ao deixar claro que as pessoas que trabalharam no filme merecem ser reconhecidas por algo além do que se viu naquele vídeo horrendo.

Se havia um plano de liberar uma outra cartinha, justamente naquele dia, provavelmente nunca saberemos. Mas o fato é que o timing acabou sendo perfeito, porque essa cartinha não vai gerar nenhum tipo de comoção como da outra vez. Aliás, com tanta gente assistindo ao vídeo, talvez seja possível se focar em outras coisas além da morte / retorno dos personagens.

É pra isso que a gente vai ao cinema afinal, né, galera do marketing?