Vingadores: Guerra Infinita é a maior estreia da história do cinema... MESMO? | Judão

AI NOSSA MAIOR BILHETERIA AAAA. Mas, de acordo com a inflação…

Sabe, quando a gente diz que é de “humanas” e precisa digitar no Google “percentage calculator” pra descobrir se o desconto no app de transporte vale realmente a pena, ou fica com sérias dificuldades na hora de descobrir a idade da sua irmã mais nova, não é como se estivéssemos usando signos como desculpa pra fazer merda.

A gente SABE que tá fazendo merda, mas infelizmente não tem como corrigir — ainda mais com o ESPAÇO entre a última aula de matemática vista na vida e o tempo presente aumentando, veja vocês, minuto a minuto.

Então, é comum (e eu vou até dizer que correto) dizer que tal filme bateu recordes de bilheteria ao olhar, apenas e tão somente, pros números brutos, como todos os números. Então, sim, pra gente Pantera Negra superou Titanic, se tornando a terceira maior bilheteria de todos os tempos dentro dos EUA. E Star Wars: O Despertar da Força é sim a maior bilheteria lá dentro de Trumpland.

Só que... não.

De acordo com o Box Office Mojo (e todos os dados que usarmos daqui pra frente neste texto serão de acordo com o site, esteja avisado), o preço médio de um ingresso nos EUA, em 1910 (o primeiro ano computado por eles) era de SETE CENTAVOS DE DÓLAR. Em 2018, a média do valor de um ingresso por lá é de US$9,18, o que significa que a tal da inflação fez o seu trabalho durante esses 108 anos, tornando realmente impossível dizer qual é a “maior bilheteria da história do cinema”, sem que todos os fucking anos a gente volte pra trás e refaça as contas.

Quer dizer, a gente não, esse pessoal de exatas aí, claro.

Então, assim: um filme que estreou em 1939 e ganhou mais US$198 Milhões nas bilheterias dos EUA, com um ingresso custando entre US$0,23 e US$0,24, se tivesse sido lançado hoje e tivesse tido exatamente o mesmo resultado, teria ganhado mais de $1.8 Bilhão de dólares em bilheterias e seria considerado o maior recordista de todos os tempos.

Esse filme, diga-se de passagem, existe e se chama ...e o Vento Levou.

Star Wars: O Despertar da Força, que em números brutos é considerada a maior bilheteria do cinema dos EUA, acaba sendo apenas o 11o entre todos os filmes que tiveram seus valores ajustados. Pantera Negra, o terceiro, fica em 30o Lugar — o que, AINDA ASSIM, é um número IMPRESSIONANTE.

Titanic, em compensação, é o 5o.

Hoje em dia praticamente todos os grandes portais e grupos de mídia do Brasil cobram pra que você possa ler seus conteúdos. O JUDAO.com.br continua produzindo conteúdo de graça pra todos, de forma independente, em diversas mídias, e vai fazer isso pra sempre. Mas não tá fácil pra ninguém.

Nunca o JUDAO.com.br foi tão lido em toda sua história, mas anúncios estão desaparecendo, o Facebook não deixa ninguém sair de lá e nós dependemos cada dia mais dos nossos leitores, ouvintes e espectadores pra financiar a produção de todo esse conteúdo sobre cultura pop que é bem raro na internet Brasileira. Se todo mundo que gosta, compartilha e/ou comenta contribuir, o nosso futuro estará garantido. Vamo?

Conheça nosso projeto e assine a partir de R$10 / mês. :)

Em termos de “Fim de Semana de Estreia”, fica um poooouco mais complicado decidir EXATAMENTE qual é a maior de todos os tempos porque, pelo menos até Tubarão, os filmes eram em sua maioria lançados primeiro em alguns cinemas de Los Angeles, Nova York e algumas outras cidades e, só a partir daí, iam se expandindo. Além disso, o tempo que um filme ficava em cartaz era MUITO maior.

Ao mesmo tempo, filmes como ...e o Vento Levou não chegaram a ter seus fins de semana de estreia computados.

De qualquer maneira, a ideia de “analisar ano a ano” também vale por aqui. Em números brutos, sim, Vingadores: Guerra Infinita é a maior estreia da história dos EUA. Ajustando os valores, porém, Star Wars: O Despertar da Força vence por míseros US$ 3 Milhões.

Os números MUNDIAIS, bem, esses são praticamente impossíveis de se analisar, porque seria necessário saber o valor médio dos ingressos em cada um dos países, o valor da conversão da moeda local pra Dólar e, vamos lá, um pesadelo matemático. Nesse caso, a gente fica com os números brutos, mesmo. :P

ENFIM. A verdade é que nem mesmo esses números exatos podem ser muito exatos mesmo, porque um filme como A Branca de Neve ganhou a maioria da grana que a coloca em 10o lugar de todas as bilheterias AJUSTADAS em relançamentos que aconteceram em 1983, 1987 e 1983.

Por isso a gente prefere ser as pessoas que AI NOSSA MAIOR BILHETERIA AAAA do que “Veja bem, de acordo com a inflação”... Mas cada um cada um, né? :D