Você não pode salvar o Wundo sozinho | Judão

Esperamos que o filme da Liga da Justiça não tenha lá muita relação com o seu marketing. Porque se não, olha…

Então que falta um mês para a estreia de Liga da Justiça, aquele filme que todo mundo espera pra assistir desde Batman VS. Superman com a mesma empolgação que se espera ser atendido por uma dentista pra tratar de um canal.

Oficialmente entramos naquela época do marketing que beira o insuportável ver o tanto de coisa sobre o filme, especialmente os tais “TV Spots” — ainda que isso tenha mais a ver com os sites que replicam esses conteúdos do que a divulgação em si. É agora que começam a mostrar coisas de última hora, aquele “bom, se você não tava pensando em ver o filme, AGORA VAI TER DE IR” e coisas assim.

Oi? Não, se mostrarem o Superman em algum vídeo ou imagem não será spoiler porque, na verdade, essa putaria toda nem deveria ter acontecido — desde o exato momento em que ele “morreu” a gente sabe que ele vai voltar em Liga da Justiça. PORQUE ELE VAI APARECER. Você sabe. TODO MUNDO SABE.

Isso e o fato de que não se pode salvar o Wundo sozinho.

Criados por Lex Luthor para ilustrar as pastas dos meta-humanos que ele stalkeava, a Warner nunca soube usar direito os logos dos personagens — e transformá-los em letras no pôster divulgado durante a San Diego Comic-Con não foi exatamente uma boa ideia.

Pra falar a verdade... Foi ridículo, mesmo. Tipo assim... Pra caralho. Me lembra aquela g4l3r4 qu3 n0$ 4n0$ n0v3nt4 tr0(4v4 4lgum4$ l3tr4$ p0r núm3r0$ e $!mb0l0$, tipo o Ren4n ou H4(K3R$. Sabe?

Deu até um alívio ver a versão Brasileira pra essa chamada arte, que colocou os logos embaixo do texto e, assim, resolveu o problema que alguém achou que era na verdade uma ideia genial (e que, verdade seja dita, alguém também aprovou, provavelmente também achando uma ideia genial).

Só que aí bateu o tal do inferno astral do filme, né? Hora de começar a divulgar tudo pra caralho: primeiro aquele trailer, que, aqui no Brasil, e sem nenhum tipo de vergonha, agradeceu pelo apoio ao Universo DC à quem defeca e caminha pra qualidade de um filme, desde que veja seus personagens favoritos numa tela grande; depois, esse pôster.

Eu confesso que até achei interessante. A falta do Superman é absurda, o BACKGROUND não orna muito, mas ainda assim achei uma arte interessante, daquelas que eu até poderia pendurar no meu quarto.

Tem lá em cima o nome dos personagens, meio que reforçando pra galera que são eles mesmos, como se tivessem com um cagaço de não reconhecerem, ignorando completamente o nome dos atores? Tem sim. Tem, junto com os nomes, os tais logos, como se quisessem dizer pra galera que “olha gente, cada personagem tem um logo, viu?”. Tem também, tá lá, é só ver.

Aí tem também uma das grandes cagadas do marketing Brasileiro, que demonstra total desconexão com a realidade: a porra da frase “Você não pode salvar o Mundo sozinho” com o logo da Mulher-Maravilha no lugar do M do Mundo, sendo que o logo da Mulher-Maravilha é formado não só por um como por DOIS dablios.

Wundo. Sério, Marner? Não tinha nenhuma pessoa razoável que chegasse e “olha, gente, não por nada, mas... Tá errado?”. Ok, o morcego do Batman e o raio do Flash já foram uma forçada pra se tornar um E e um O, mas tudo bem, deu pra entender. Um W? Como M? A gente lê Mundo, se quiser. Mas porra, sério?

Na arte da capa da página Brasileira do filme no Facebook, baseada na tal da arte da Comic-Con, ficou AINDA PIOR. E eles ainda usam o logo do Superman... MAS ELE NÃO TAVA MORTO? AAAAAAAA

Inicialmente, pensava que a ideia era Wundial, com a Watriz da Marner exigindo que todo mundo fizesse a mesma coisa ridícula que eles tinham feito, talvez porque o wiwadinho publicitário que inventou a história tivesse ficado wagoado por ninguém fora dos EUA ter comprado a ideia.

Mas a decisão, nesse caso, parece que foi mesmo do escritório brasileiro da Marner, como a versão em espanhol do mesmo pôster comprova.

Ô língua maravilhosa! LIGA DE LA JUSTICIA é muito mais legal...

Jornalismo verdade, procuramos o pôster PORTUGUÊS do filme pra conferir e confirmar a ideia ruim Brasileira, mas não encontramos ESSA versão. A da Comic-Con, porém, com os dizeres “Não consegues salvar o mundo sozinho”, está bonitinha com o texto normal e os logos embaixo. ULFA...

Entramos em contato com a Marner Brasil pra tentar entender o que foi que aconteceu, mas até o momento da publicação deste shitpost, não obtivemos nenhum tipo de resposta. Não que seja surpreendente, MAS... Se obtivermos alguma resposta que explique a decisão de nem ao menos colocar o logo de ponta-cabeça, se queriam tanto que ele funcionasse como uma letra ali, atualizamos.

Esperamos que, tal qual X-Men: Primeira Classe fez com AQUELES PÔSTERES, o filme da Liga da Justiça não tenha lá muita relação com o seu marketing. Porque se não, olha...

Liga da Justiça estreia em 16 de Novembro por aqui.

PS. Como desgraça pouca é bobagem, TRANSEUNTES nos informaram que o pôster da Comic-Con chegou a ser colocado em cinemas do nosso Brasilzão-semportêra-sô com os tais logos no lugar do texto bonitinho... Ai, Marner.

Nada é tão ruim que não possa piorar, afinal.