8P! Emicida: videogames, futebol e música | JUDAO.com.br

Depois de Max Payne 3 e FIFA World Cup 2014, o rapper emplaca mais uma música numa trilha sonora de videogame — e nós fizemos OITÔ PERGUNTAS pra ele sobre isso tudo: videogames, música e, claro, futebol. Confira!

Emicida não é um artista comum. De origem pobre, batalhou muito (principalmente com outros rappers ;D) para conquistar o reconhecimento e a fama que tem hoje. Considerado um dos mais proeminentes artistas do cenário nacional, o rapper nunca buscou contratos com grandes gravadoras, lançando suas músicas sempre de forma independente. Em 2011, quando ganhou o prêmio de “Artista do Ano” no extinto VMB, disse que estaríamos “promovendo uma reforma agrária na música brasileira”. Com letras que tocam em assuntos delicados e de cunho social, suas músicas desenham a trajetória de superação de um jovem que buscou um sonho, sem se deixar abater pelas dificuldades.

E é esse o tema de “Levanta e Anda”, faixa do álbum O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui que, conforme a gente disse aqui, estará na trilha sonora do FIFA 15. Segundo Emicida, sua música e o futebol tem tudo a ver, pois a realização do sonho de quem se torna jogador, é um perfeito exemplo de quem segue na luta.

Pra falar um pouco sobre isso, videogames e futebol, o JUDÃO bateu um papo exclusivo com o rapper durante o anúncio de sua participação em FIFA 15. Confira!

1 Com a bola no pé, ou controle na mão: no que você é melhor?
Pelo amor de Deus! Eu sou... tipo, vamos colocar que eu devo ser nota 6 em um e nota 7 no outro, depende do meu dia, tendeu? Depende do humor e do dia, oscila. Tem dia que eu jogo muito bem no campo também, viu?

2 E em que posição você costuma jogar?
Ah, centro-avante, né?

Só bola pra dentro, então? :D
Ô, tio... Sem maldade (risos)

Emicida e Neymar

3 O Neymar é seu brother, já gravou clipe contigo, te treinou no clipe. . .
Me ensinou Kung Fu!

4 Mas já tirou um contra com ele no FIFA?
Não, ainda não, ainda não. E esses caras do futebol, você tem de tomar cuidado porque eles são tudo viciado em FIFA, mano. Eles sabem uma pá de maracutaia, mano. Eu vejo os caras jogando, aí eu falo: Caraio, parece que eles tão jogando no campo. Eles batem em nós no campo e bate em nós no FIFA, tá ligado? Mas tem outros jogos que pá! Nos Street Fighter a gente também se garante, tendeu? The King of Fighters...

5 Quais outros jogos você joga, além desses?
Jogo vários, pô! Vários jogos de aventura! Gosto de Resident Evil, The Last of Us. Resident Evil vai sair esse novo aí, vai ser foda! É... The Last of Us, Watchdogs, que saiu agora também, sacou? E é foda!

GTA?
Pô! GTA não tem nem como falar! Como não falar. GTA é foda! Vários desses.

6 E com rotina de produzir, gravar, como tira um tempo pra jogar um videogame?
Ah, mano... Red Bull e madrugada, né? (risos)

7 E como foi receber a notícia que a sua música ia estar na trilha do FIFA, pro mundo inteiro ouvir?
Po, fiquei felizão, porque é sempre uma oportunidade de levar sua música pra mais pessoas aí. A gente trabalha fazendo isso. Aí você pensa que pra mim, principalmente, sou artista independente, mano. Faço meu corre todo ali, de mão em mão, junto com o meu pessoal, que é a rapaziada que começou comigo desde sempre, e aí, de repente, a gente tem uma conquista que é ter uma música que todo mundo dali viu nascendo dentro do jogo que todo mundo admira. Sabe, pra gente é uma conquista imensa!

8 E por que você acha que “Levanta e Anda” combina com futebol?
A música fala sobre seguir um sonho, apesar de todas as dificuldades. Levantar e andar, sempre, em direção a essa conquista. Todo moleque humilde sonha em se tornar jogador de futebol. E quem chega lá é porque tem talento, mas também porque não desistiu.