Rotten Tomatoes continua sua campanha para barrar os trolls | JUDAO.com.br

Quer classificar um filme? Quer que a sua classificação seja efetivamente válida? Então vai ter que PROVAR que viu o filme mesmo, amigo. ;)

Em Fevereiro, o Rotten Tomatoes desativou os comentários de usuários antes do lançamento de um filme, além de alterar a classificação de “want to see” de uma pontuação percentual para o número bruto de usuários que afirmaram que pretendiam ver um filme. Mas, em sua campanha para barrar totalmente trolls das avaliações, o site anunciou uma nova mudança que fará muita diferença na nota da audiência.

Agora, o Rotten Tomatoes aceitará notas de usuários que possam comprovar que compraram ingresso para ver o filme no cinema. Além do Tomatometer, responsável por calcular a média das classificações de filmes feitas por críticos profissionais, o site também oferece o Audience Score, que calcula a média das classificações de filmes dadas pelo público não especializado que tem conta no site.

Curiosamente, o Rotten Tomatoes é uma propriedade da NBCUniversal, que também detém a Fandango, uma das principais empresas americanas de venda de ingressos. A princípio, apenas ingressos comprados pela Fandango poderão ser validados no site, mas a empresa afirma que o aumento das vendas não é o principal motivo da mudança.

Segundo a diretora de marketing Lori Pantel, em entrevista a Variety, a decisão surgiu a partir de uma pesquisa realizada em 2018 que mostra que os usuários querem mais transparência nas notas. A executiva também declarou que o site está aberto a qualquer parceiro que queira participar e anunciou que estão fazendo acordos com outras empresas para permitir que ingressos comprados em outros sites também sejam validados.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Como os ingressos só poderão ser autenticados nos EUA, você ainda poderá dar notas para os filmes que viu, já que o Rotten Tomatoes continuará permitindo que todos os usuários avaliem os filmes, independente da comprovação de compra. Além disso, você terá a opção de visualizar apenas os comentários verificados ou ler todas as avaliações de usuários, sejam elas as verificadas ou não. Comentários enviados por qualquer usuário ainda estarão listados no site, mas agora existirá um selo de verificação com a confirmação da compra.

Portanto, o Rotten Tomatoes não está eliminando os usuários que não terão o tal selo, mas criando uma verificação para aumentar a autenticidade das notas. Você saberá que quem avaliou DE FATO assistiu ao filme.

O vice-presidente da empresa, Greg Ferris, reforçou o coro sobre a mudança ser uma forma de aumentar a confiança no Audience Score. “Achamos que isso fornece mais informações, transparência e confiança do consumidor em torno da pontuação em si”, completou.

Essa mudança entrou em vigor e todas as resenhas do dia 24 de Maio em diante estarão sujeitas ao novo sistema, mas os filmes anteriores à essa data continuarão com suas notas. Essa mudança não significa que um troll mala não possa escrever seu comentário imbecil mesmo com a verificação da compra do ingresso, mas ele estará pagando pelo ingresso ao invés de criar uma campanha idiota contra um filme que não viu apenas porque tem uma mulher como protagonista e, portanto, teria que ter uma nota mais baixa. E, para os estúdios e a própria Fandango, isso já é uma vitória.

E então que parece que NÃO vai mais ter Billie Eilish no #Lolla. Mas também parece que vai ter Billie Eilish no Brasil SIM, sozinha, em "locais grandes". https://t.co/dRXQ1s2KTW