Ben Affleck produtor executivo do filme da Liga da Justiça: The Times They Are A-Changin’ | Judão

É como se a Warner tivesse gritando “MARTHA” pra dar uma aliviada em dois problemas

Oficialmente, e especialmente no cinema, um produtor executivo tem responsabilidades mais (que rufem os tambores) executivas do que criativas. É ele que vai fazer de tudo pra que o projeto fique dentro do orçamento, pra que a agenda de gravações aconteça e que, enfim, tudo role de acordo com o planejado — inclusive além do filme em si, como o que um estúdio espera em termos de lucro e/ou imagem, enfim.

É um cargo menor, que responde ao produtor, e muitas vezes é usado apenas como decoração, tipo o Stan Lee em todos os filmes da Marvel. Ou você realmente acha que o vô, aos 93 anos, vai se preocupar com o que tá ou não acontecendo com os filmes? :)

Agora... Quando surge a notícia de que, já com as gravações rolando, Ben Affleck se tornou produtor executivo de Liga da Justiça – Parte 1, embaixo de toda essa tempestade que se apresenta no DCEU, a história é outra. Podemos dizer que, no mínimo, a Warner quer tirar o poder centralizador de Zack Snyder. A Warner ou o próprio Batffleck.

De acordo com o Birth.Movies.Death, o cara ficou MUITO triste com a recepção de Batman VS. Superman, especialmente depois de dizer tantas vezes em entrevistas que o filme seria melhor que o Demolidor, o que o teria feito se sentir humilhado. Além disso, quando foi anunciado como diretor do novo filme solo do Batman pelo chefão da Warner durante a CinemaCon, negociações ainda estavam rolando, o que teria deixado seu empresário puto.

Pelo que informa o Hollywood Reporter, com o novo cargo, Batffleck vai trabalhar com Chris Terrio pra acertar direitinho o roteiro e depois dar seus pitacos na pós-produção. Em outras palavras, Ben Affleck agora vai poder mudar os rumos das coisas — o que, nos baseando em Argo e Garota Exemplar, é uma boa ideia — mostrando pro Zack Snyder que, bom, já que ele começou, ele vai terminar... Mas não do jeito que ele pensa. Ou, pelo menos, não TÃO do jeito que ele pensa.

Sobe o som...