Scooby-Doo no Hannabarberaverso | JUDAO.com.br

Scooby! O Filme ainda é como um grande episódio do desenho animado, mas algumas novidades deixam tudo mais divertido e interessante :)

Se você assistiu a um episódio de Scooby-Doo, você sabe como tudo que envolve esse cachorro funciona. É aquela coisa: tem um mistério, uma coisa meio paranormal rolando, eles vão lá investigar, tomam uns olés, correm pra lá, correm pra cá, o Scooby e o Salsicha encontram algo meio sem querer (enquanto sentem fome), a Velma resolve a treta e PAH, descobrimos que o vilão tá usando uma máscara. Vamos pro próximo.

Trata-se, portanto, de uma franquia de séries e filmes PROCEDURAL.

Scooby! O Filme que deveria estrear nos cinemas mas, por conta da covid-19, acabou sendo lançado diretamente em VOD, segue exatamente a mesma fórmula. A diferença reside no fato de que a Warner resolveu criar um Universo Cinematográfico Hanna-Barbera.

Além do Falcão Azul e do Bionicão, que já estavam no trailer, outros personagens dos desenhos da companhia dão o ar de suas graças, como Dick Vigarista e o Capitão Caverna, que deram um jeito de fazer aparecer. Que jeito? Bem, estamos falando de personagens realmente importantes pro filme e não simples aparições ou easter-eggs... e isso muda tudo. :)

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Primeiro que esse não é só “mais uma história do Scooby-Doo”. É uma história pra molecada aprender um pouco sobre amizade e lealdade, com o foco dela totalmente na relação entre o Salsicha e o Scooby; e uma aventura pra entreter todo mundo no cinema no sofá de casa, seja pelo ritmo, seja pelos rumos tomados, seja pelas referências, seja porque você pode se transformar naquele meme do Leonardo DiCaprio rapidinho.

E não, não há qualquer tipo de apelação para a nostalgia, mesmo que esse pareça ser o caminho mais óbvio ou, pelo menos, o mais fácil. Nada aparece só por aparecer, nem a história depende disso pra acontecer. A isso, Duffer Bros., nós damos o nome de “roteiro bem escrito”. ;)

A história é moderna, se passa nos dias de hoje (até mais no futuro, aliás), a Velma é latina (e pra todos os efeitos é até uma Social Justice Warrior!) e, por mais que queiram sugerir com base no que viram de trailer e imagens divulgadas por aí, Scooby! O Filme tá bem longe de ser um exemplo de que o “politicamente correto acabou” ou que se trata do “fim da era da lacração”. É só assistir ao filme pra perceber, mas quem diz isso geralmente não assiste a nada, só quer ver o que interessa — só ficar de olho no “sucesso” de Batman vs. Superman e de tudo o que o Zack Snyder criou, né? :)

Scooby! O Filme é daqueles que você mal sente a 1h30 de duração e termina querendo outros, ainda mais com as possibilidades abertas com esse, confirmadíssimas nos créditos finais. É, pra mim, a mesma coisa que sinto com filmes do Indiana Jones, A Lenda do Tesouro Perdido, filmes e jogos da Lara Croft, Uncharted... Enfim. É “sempre a mesma coisa”, mas você acaba sendo puxado pra história e participa da aventura.

É despretensioso, surpreendente e divertido. Nesses tempos que estamos vivendo, talvez nada seja melhor, né? :)