Victor e Valentino e a importância da cultura latina | JUDAO.com.br

Em entrevista ao JUDAO.com.br, o criador do novo desenho animado da Cartoon Network falou sobre a importância do conhecimento da cultura mesoamericana, suas motivações e o que podemos esperar da série!

Aqui no Brasil, o nosso folclore é bastante difundido. Na escola, livros e na televisão, personagens como o Saci-Pererê, Caipora, Iara, Mula-Sem-Cabeça, Curupira, Boto e Boitatá aparecem para viver pequenas aventuras ou incorporados em outros produtos, como aconteceu com o Sítio do Pica-Pau Amarelo, Castelo Rá-Tim-Bum ou Turma do Pererê. Pra maioria das pessoas isso acaba se perdendo um tanto quando crescemos, mas fica lá! Guardadinho no fundo da memória.

O animador Diego Molano é nascido nos Estados Unidos, mas foi criado bem pertinho de suas raízes latinas. Ele tornou-se um grande amante dos folclores e lendas do mundo todo e sacou que, infelizmente, as lendas mesoamericanas (isso engloba México, Guatemala, El Salvador, Belize, Nicarágua, Honduras e Costa-Rica) não eram tão difundidas fora de suas regiões como são os mitos gregos e nórdicos. Por isso, pensou num projeto que trouxesse todo esse novo conhecimento para crianças do mundo todo… e assim nasceu Victor e Valentino, o novo desenho da Cartoon Network. Diego conversou com o JUDAO.com.br sobre as origens e o que podemos esperar dessa nova série que é LINDA DEMAIS. “Todo mundo sabe quem é Hércules, quem é Thor. É uma pena que a cultura mesoamericana se perca e não seja explorada nunca”. A série conta com criaturas como os alebrijes, lendas como a da Llorona e criaturas da mitologia asteca, como o deus Tezcatlipoca.

Ajude o JUDAO.com.br continuar desafiando a cultura pop. Assine!
A partir de R$5 por mês.

Victor e Valentino nasceu como uma ideia para videogame. “Eu me inspirei em The Lost Vikings, um dos primeiros jogos da Blizzard. Nele existem três personagens muito diferentes e complementares entre si, e isso me fez ter as primeiras ideias. No rascunho original, inclusive, existia um terceiro protagonista, o Vicente”, conta. Ele se considera um jogador BEM assíduo, e curte também The Legend of Zelda (em especial, as histórias de Four Swords e Triforce Heroes) e vários outros títulos. Seu espírito de montar aventuras parte bastante dessa experiência, mesmo que ele tenha readaptado sua ideia para virar um seriado.

E um homem de ascendência latina fazendo sucesso pode incomodar BASTANTE, especialmente com uma pessoa como Donald Trump no poder. Para Diego, é impossível retirar completamente a política das coisas, mas que seu intuito é espalhar novas formas de cultura e ver dar certo aquilo que ele desenvolve com tanto amor. “Victor e Valentino surgiu em 2001, estou há 18 anos trabalhando nisso. Tudo começou bem antes desse cenário político atual. Essa mitologia antiga é atemporal, histórica, e eu espero que ela ultrapasse o tempo em que vivemos e continue por muito mais”.

Victor e Valentino são dois meio-irmãos. Os dois moram com sua avó, Cida, num povoado chamado Monte Macabre. Valentino é um menino grande e gordinho SEM QUE isso seja o seu único traço de personalidade. Os dois têm um modelo pouco representado de família, mas bastaaante comum na vida real. E Diego os fez assim porque está cansado de ver as coisas sempre em um padrão. “Tudo ficou homogêneo por tempo demais. A América é um fumegante caldeirão de cultura, cheio de diversidade”

Diego é o primeiro latino da equipe do Cartoon Network a criar um conteúdo original para o canal e acha que essas criaturas têm muito em comum entre si. Até mesmo as brasileiras! “Eu conheço o Saci-Pererê, Boto e Curupira. Sei de vários arquétipos brasileiros e eles existem também em várias outras regiões”. E justamente por ser algo tão próximo, Molano não descarta a possibilidade de vermos seus novos protagonistas viverem uma aventura no Brasil. “Sei que vocês têm mitos incríveis a serem explorados e acho que eles renderiam histórias divertidas e boas de se ver”.

Contato com novas jornadas e exemplos frescos de amizade, fraternidade e família já é uma grande jogada. Juntar isso com o conhecimento de mitos antiquíssimos latinos, então… PERFEITO! Victor e Valentino promete ser uma DELÍCIA de se ver, pra crianças de qualquer idade. <3 Victor e Valentino estreia dia 30 de março, às 20h, no Cartoon Network.